Uma grande perda

Faleceu no último dia 29, aos 91 anos, a professora Dorina Nowill, uma das maiores ativistas pela inclusão dos deficientes visuais no país.
Dorina Nowill ficou cega aos 17 anos por causa de uma doença que os médicos nunca entenderam. A partir de então decidiu dedicar sua vida à luta pela inclusão de pessoas na mesma condição.
Ela foi a primeira cega a matricular-se numa escola regular em São Paulo, em 1945, e conseguiu convencer a escola onde cursava o magistério, a implantar o primeiro curso de especialização de professores para o ensino de cegos.
Após estudar nos EUA, ajudou a fundar a primeira prensa Braille de grande porte do país, que ainda é a principal fonte de renda de sua Fundação e atende o Ministério da Educação.

Na foto abaixo podem ver o Maurício de Sousa e Dorina Nowill, no lançamento dos livros da “Turma da Mônica em Braille”. Dorina foi quem inspirou o autor a criar sua personagem Dorinha, em 2004.

turma da monica em braille

Estas obras estão na Biblioteca desde o seu lançamento, em 2005.

Para saber um pouco mais da Fundação Dorina Nowill, acesse o site: http://www.fundacaodorina.org.br/

China lança primeira “Olimpíada Samurai”

Começa hoje em Pequim, a primeira edição dos Jogos de Combate 2010. Com duração de 8 dias, pretende ser uma espécie de Jogos Olímpicos das Artes Marciais. Vinte brasileiros estarão lá, representando nosso país na competição.

Conheça um pouco da história e técnica, das 13 modalidades de artes marciais.

artesmarciais

artesmarciais II
Fonte: O ESTADO DE S. PAULO, 22.08.2010

Malconservada, estátua de Duque de Caxias faz 50 anos

ONG faz eventos para chamar a atenção para o monumento, instalado em uma área degradada do centro da cidade.

Mônica Pestana
A estátua do Duque de Caxias na Praça Princesa Isabel, no centro, chega aos 50 anos na quarta-feira em estado de agonia. Mas uma série de atividades promovidas por uma ONG para marcar a data pode ajudar a recuperar o monumento, criado por Victor Brecheret. Um dos soldados da base perdeu a perna. Em outro ponto cresce mato. A estrutura tem marcas de fuligem e ferrugem.

A Secretaria Municipal de Cultura disse que o monumento não será restaurado neste ano, mas é limpo periodicamente.

Seus 40 m de altura, quase 16 m de estátua e 25 m de pedestal serão homenageados com intervenções artísticas no Terminal Princesa Isabel, palestras em escolas e universidades e postais distribuídos na cidade. Também foi produzido um vídeo que será veiculado em 312 ônibus que circulam na região central. “Queremos resgatar a memória artística e histórica, sem cair na questão do simbolismo militar que é evidente, mas aproximando o público do acervo escultórico da cidade”, explica o coordenador do site www.monumentos.art.br, Walter Ramos, responsável pelos eventos.

“A estátua está numa praça acanhada, onde não há visibilidade nem público”, diz Victor Brecheret Filho, presidente do Instituto Victor Brecheret. Para o filho do escultor, a revitalização do centro melhoraria a situação.

duquedecaxias

QUEM FOI
Luís Alves de Lima e Silva
O DUQUE DE CAXIAS
(1803-1880)

Nascido em arraial do Porto da Estrela, no Estado do Rio, Luís Alves de Lima e Silva (1803-1880) ganhou o título após voltar do conflito com o Paraguai. Reconhecido cadete aos 15 anos, cursou a Real Academia Militar. Foi militar desde muito cedo e possuiu as medalhas de maior valor no Exército. Foi agraciado com os seguintes títulos: barão, visconde, conde, marquês e duque. O militar foi o único brasileiro que chegou a obter o título de duque. Morreu em 7 de maio de 1880 na sua província natal.

Disponível em: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100823/not_imp598906,0.php

 

 

O mundo tem 130 milhões de livros

Segundo Leonid Taycher, engenheiro de software do Google Books exitem 130 milhões de livros no mundo. Mais precisamente, 129.864.880 – pelo menos até domingo (08/08/2010).

O levantamento foi feito com base nos arquivos do International Standard Book Numbers (ISBN), dos números de controle da Biblioteca do Congresso Americano e do Worldcat.

O levantamento inicial chegou a 600 milhões de livros, depois foram identificados os títulos duplicados.

O processo é explicado em detalhes no blog Inside Google Books (em inglês).

 

DIAS, Tatiana de Mello. Google: mundo tem 130 milhões de livros. Link Estadão – Cultura Digital. São Paulo, 10 ago. 2010. Disponível em: <http://blogs.estadao.com.br/link/google-mundo-tem-130-milhoes-de-livros>. Acesso em: 11 ago. 2010.

21.a Bienal Internacional do Livro de São Paulo

 A Bienal Internacional do Livro de São Paulo é o grande momento do livro no Brasil. É palco para o encontro das principais editoras, livrarias e distribuidoras do país, que preparam seus lançamentos para esse período.

Além da larga oferta de livros, a Bienal do Livro oferece uma intensa programação cultural, desenvolvida para despertar o gosto pela leitura em mais de 700 mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos. Algumas atividades estão previstas para personalizar ainda mais a programação, durante os 11 dias do evento.

LivrosPavilhão de Exposições do Anhembi
12 a 22 de agosto de 2010
Anhembi, São Paulo, SP
Dias 12 – 21 das 10h00 às 22h00
Dia 22 das 10h00 às 20h00