Indicações de leitura

Empresas brasileiras centenárias
Autores: Renato Bernhoeft, Chris Martinez
Editora: Agir
ISBN 978-85-220-1255-8

Aqui estão histórias humanas e de pioneirismo que mostram o perfil empreendedor dos seus fundadores. Figuras patriarcais e determinadas, que souberam criar obras que foram além de suas existências. Em muitas delas é possível sentir um misto de determinação e (um bocado) de sorte. O que nada mais é do que aquela típica característica dos empreendedores: pessoas que se diferenciam dos demais porque foram capazes de vislumbrar oportunidades onde a grande maioria apenas enxergava problemas. Entre nessa história e veja por que essas empresas são vencedoras com o mesmo entusiasmo que senti ao escrevê-la”

Chis Martinez

Instrumento animal: o uso prejudicial de animais no ensino superior
Organizador: Thales Tréz
Editora: Canal 6
ISBN 978-85-99728-38-3

O uso prejudicial de animais vem sendo motivo de controvérsias e situações de conflitos no ensino superior e vem sendo cada vez mais explorado pela área científica, educacional, filosófica e jurídica Trata-se de uma antiga metodologia aplicada ao ensino científico nas áreas das ciências biológicas e da saúde que, além de causar sofrimento e morte de milhares de animais anualmente no Brasil, provoca uma séria reflexão sobre questões referentes ao ensino e à ética.

Este trabalho, de natureza interdisciplinar, é uma contribuição ao debate. Artigos de vários profissionais de distintas áreas expõe o tema de forma crítica e acessível, convidando a leitora e o leitor a uma reflexão aprofundada sobre as implicações destas práticas. Nele, as argumentações de cunho histórico, ético, educacional, filosófico e jurídico oferecem uma visão interdisciplinar e consistente para legisladores, juristas, educadores, estudantes, ambientalistas e demais ativistas de libertação animal.

Diário da queda
Autor: Michael Laub
Editora: Companhia das Letras
ISBN 978-85-359-1817-5

um garoto de treze anos se machuca numa festa de aniversário. Quando adulto, um de seus colegas narra o episódio. A partir das motivações do que se revela mais que um acidente, cujas consequências se projetam em diversos fatos de sua vida nas décadas seguintes – a adolescência conturbada, uma mudança de cidade, um casamento em crise-, ele constrói uma reflexão corajosa sobre identidade, afeto e perda.

Dela também fazem partes trajetórias de seu pai, com quem o protagonista tem uma relação difícil, e de seu avô, sobrevivente de Auschwitz que passou anos escrevendo um diário secreto e bizarro. Três gerações, cuja história parece ser uma só; são lembranças que se juntam de maneira fragmentada, como numa lista em que os fatos carregam em si tanto inocência quanto brutalidade.

This Republic of Suffering
Death and the American Civil War
Autora: Drew Gilpin Faust
Editora:  Vintages Books
ISBN 978-0-375-70383-6

More than 600,000 soldiers lost their lives in the American Civil War.

An equivalent proportion of today’s population would be six million. In This Republic of Suffering, Drew Gilpin Faust reveals the ways that death on such a scale changed not only individual lives but the life of the nation, describing how the survivors managed on a practical level and how a deeply religious culture struggled to reconcile the unprecedented carnage with its belief in a benevolent God.

Fundação Conrado Wessel
Prêmio FCW de arte, ciência e cultural 2009
Editora: Fundação Conrado Wessel

A Fundação Conrado Wessel é uma instituição sem fins lucrativos criada em 1994. O fotógrafo alemão Ubaldo Conrado Augusto Wessel explicitou em testamento seu desejo de criar uma fundação dedicada a filantropia e apoio às atividades culturais, artísticas e científicas no Brasil.

O poder das conexões: a importância do networking e como ele molda nossas vidas
Autores: Nicholas A. Christakis; James HJ. Fowler
Editora: Elsevier
ISBN 978-85-352-3047-5

Provocativo, muito claro e prático, O poder das conexões explica por que as emoções são contagiosas, como os comportamentos em relação à saúde se disseminam, por que os ricos ficam mais ricos e muitas outras questões.  Subvertendo a noção de primazia do indivíduo, este livro apresenta um novo e revolucionário paradigma: nós, como cardumes que mudam de direção em uníssono, somos inconscientemente levados pelas pessoas que nos cercam. O poder das conexões mudará para sempre a maneira como vemos os outros – e como nos vemos.

Indicações de leitura

A voz e a vez do jovem: o imaginário de juventude na publicidade brasileira
Autora: Fabiana Parra De Lazzari
Editora: ESPM

Dissertação apresentada à ESPM como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Comunicação e Práticas de Consumo.

A voz e a vez do jovem: o imaginário de juventude na publicidade brasileiro é uma pesquisa que contempla o contexto sócio-histórico da década de 60 para localizar a emergência do jovem na sociedade, e parte da análise do discurso de propagandas para identificar a linguagem e a imagem construídas para essa juventude. Nas 200 páginas de trabalho, é possível perceber de que forma movimentos como a Tropicália, a Jovem Guarda e a onda de festivais de canção popular ajudaram a construir tipos jovens que se manifestavam em novas marcas, produtos e formas de consumo.

Cleópatra: uma biografia
Autora: Stacy Schiff
Editora: Zahar
ISBN 978-85-378-519-0

“Uma das mulheres mais famosas que já existiram, Cleópatra VII governou Egito durante 22 anos. Perdeu o reino uma vez, reconquistou-o, quase perdeu de novo, construiu um império, perdeu tudo. Deusa em criança, rainha aos dezoito anos, celebridade logo depois, foi objeto de especulações e venerações, de intriga e lenda, mesmo em nosso tempo. No auge do poder, controlava praticamente toda a costa oriental do Mediterrâneo, o último grande reino de qualquer soberano egípcio. Durante um breve instante, deteve o destino do mundo ocidental nas mãos.”

Trecho do Capítulo I

O mensageiro
Autor: Andry Andrews
Editora: Fontanar
ISBN 978-85-390-0230-6

Orange Beach é um pequeno balneário habitado por gente simples e trabalhadora. Mas como acontece em qualquer canto do mundo, seus habitantes não estão imunes aos problemas da vida: casamento à beira do divórcio, jovens desmotivados e sem rumo, empresários correndo risco de falência, viúvos desencantados esperando a morte os levar. No entanto, sempre que alguém acredita ter chegado ao fundo do poço e não vê solução, surge um misterioso desconhecido chamado Jones. Este senhor de aparência simples, vestindo jeans, camiseta e sandálias, e sempre carregando uma velha mala de couro, não oferece fórmulas prontas sem soluções fáceis, mas possui o raro dom da percepção. Com perspicácia, sensibilidade e um toque de humor, Jones oferece justamente aquilo que as pessoas precisam: um novo ponto de vista sobre problemas aparentemente insolúveis.

O futuro da economia: as 12 tendências que vão transformar a economia global.
Autor: Daniel Altman
Editora: Elsevier
ISBN 978-85-352-3708-5

Em O futuro da economia, Daniel Altman oferece ao leitor previsões que, embora instigantes e por vezes contra-intuitivos, são eminentemente plausíveis e inequivocamente lógicas. Muitas das previsões contrariam a sabedoria convencional que transparece todos os dias nas páginas dos matutinos e é alardeado pelos âncoras nos telejornais da noite. Elas também têm amplas implicações para o futuro.

Retrato mortal
Autora: Nora Roberts
Editora: Bertrand Brasil
Série Mortal
ISBN 978-85-286-1499-2

Ano 2059 — No escaldante verão de Nova York, um corpo é encontrado na lixeira pública da rua Delancey. Uma repórter, amiga da tenente Eve Dallas, é avisada da desova e repassa a informação à policial. Eve parte, então, no encalço de um serial killer que oferece às suas vítimas a eternidade, arrancando-lhes a vida no auge da juventude.

Horas antes, chegara à emissora de notícias um portfólio com retratos da jovem assassinada, claramente trabalho de um profissional. As fotos, à primeira vista, não tinham nada de especial, apenas retratavam uma modelo, como tantas outras, em busca de uma carreira na Big Apple. A diferença é que a jovem não era modelo, e as fotos haviam sido tiradas quando ela já estava morta.

Eve Dallas sai então em busca do psicopata, supostamente um fotógrafo perfeccionista que observa, analisa e registra em detalhes cada movimento de seus modelos antes de capturá-los. Sua missão macabra é absorver a inocência, a beleza, a juventude e a vitalidade das vítimas, sugando-as para a câmera com o intuito de tirar um derradeiro e assustador retrato mortal.

O grande projeto: novas respostas para as questões definitivas da vida
Autores: Stephen Hawking, Leonard Mlodinow
Editora: Nova Fronteira
ISBN 978-85-209-2657-4

Quando e como surgiu o universo? Por que estamos aqui? Por que existe algo em vez de nada? Por que as leis da natureza se alinharam de tal forma que permitisse a existência de seres como nós? E, afinal, o “grande projeto” do nosso universo seria a evidência de um Criador benevolente operando as engrenagens – ou será que a ciência oferece outra explicação? Em seu novo livro, Stephen Hawking e Leonard Mlodinow apresentam as teorias científicas mais recentes envolvendo os mistérios do universo, numa linguagem compreensível e marcada tanto pelo brilhantismo quanto pela simplicidade.

Saga brasileira: a longa luta de um povo por sua moeda
Autora: Miram Leitão
Editora: Record
ISBN 978-85-01-08871-0

O Brasil viveu uma história forte, dolorosa e decisiva na luta contra o tormento inflacionário. Houve euforia e decepção nos choques
econômicos; medo e aflição nos piores momentos da hiperinflação. Os governos enfrentaram dilemas. As famílias criaram estratégias para sobreviver ao tumulto da disparada de preços e das trocas de moedas. Esse livro traz de volta o cotidiano da luta contra a hiperinflação. Lembra o confisco e os dramas familiares que ele criou. Quem viveu, vai se identificar; quem não viveu, se espantará com o que se passou. A moeda estável modernizou o Brasil, foi uma grande conquista da democracia, e permitiu novos avanços. Nessa saga, o inimigo foi vencido. Mas não morreu. ele está à espreita, atento a qualquer descuido do país.

Ultramar Sul: a última operação secreta do Terceiro Reich. A fuga submarina de dirigentes nazistas para a Argentina e o afundamento do cruzador Bahia.
Autor: Juan Salinas, Carlos De Nápoli
Editora: Civilização Brasileira
ISBN 978-85-200-0915-4

“Hitler fugiu? Fugiu num submarino?(…)

Estas perguntas, junto às relacionadas à sua suposta responsabilidade no afundamento do curador brasileiro Bahia, seriam repetidas até a exaustão aos jovens oficiais dos submarinos U-530 e U-977, em campos de detenção de prisioneiros de guerra alemães, em Washington e Londres.
Ainda que com as informações disponíveis não pareça sensato acreditar que Hitler e seus próximos tenham podido viajar naqueles U-Bootes, ninguém sabe o que ou quem desembarcou nas praias de Miramar ou Mar del Sur poucas horas antes de sua rendição. E – como será visto – pôde-se estabelecer, indiscutivelmente, que chegaram às costas da província de Buenos Aires ou da Patagônia pelo menos outros três submarinos (…).
Assim o testemunham, perante uma comissão do Congresso argentino, oficiais alemães que disseram ter assistido, de terra, a essas manobras ao término dos quais chegaram a terra firme uns 80 camaradas, alguns dos quais pareciam ser altos dirigentes do regime deposto.”

Anatomia e fisiologia aplicadas ao Hatha Yoga
Volume 1: sistema locomotor
Autores: Danilo Forghieri Santaella, Gerson D’Addio da Silva
Editora: Carthago
ISBN 978-85-85294-44-1

A ideia de mostrar as técnicas de Yoga numa linguagem ocidental não é nossa. No século 19, na Índia, um importante Swami já alertava para esta necessidade. Seu nome é Paramahansa S’riman Madhavadasa Maharaja (1800-1921) e ele afirmava que:

  • A antiga ciência de Yoga não é apenas para a Índia, mas é a grande contribuição dos antigos rishis para toda a humanidade.
  • Para que continue trazendo benefícios para a sociedade, sua divulgação não deverá acontecer na antiga linguagem tradicional.
  • Com a introdução dos métodos científicos modernos, mesmo os indianos olharão com restrições para antigas afirmações sem comprovação.
  • Assim, se o Yoga deve continuar, é para que seja benéfico para a humanidade e estes benefícios deverão ser comprovados decisivamente, usando os métodos aplicados nas ciências ocidentais.

Em dia com a digestão
Autora: Serafina Petroca
Editora: Mediafashion : Época
ISBN 978-88-6154-132-0

Essa interessante monografia escrita pela Dra. Serafina Petrocca oferece um ótimo ponto de partida para simples mas essenciais observações. Na verdade, para gozar de boa saúde o ser humano precisa ter à disposição todos os elementos úteis para que todo o organismo possa desempenhar suas atividades fundamentais. Para manter a saúde aconselha-se levar estilos de vida adequados e bastam poucas regras alimentares para obter bons resultados.

Dieta para o coração
Autora: Serafina Petroca
Editora: Mediafashion : Época
ISBN 978-88-6154-132-0

As doenças cardiovasculares originam-se de diversos fatores de risco; alguns estão relacionados à transmissão hereditária, outros têm como base elementos ambientais ou hábitos alimentares incorretos. Nos últimos 60 anos, nossos hábitos alimentares e os estilos de vida modificaram-se radicalmente, como nunca havia acontecido em toda a evolução da humanidade.

Dieta para a juventude
Autora: Serafina Petroca
Editora: Mediafashion : Época
ISBN 978-88-6154-132-0

O envelhecimento começa bem antes de vermos seus efeitos, logo após a chegada da maturidade reprodutiva, com certeza não podemos detê-lo, mas sim retardá-lo, pondo em prática corretos estilos de vida.

Segurança Internacional: perspectivas brasileiras
Organizadores: Nelson A. Jobim, Sérgio W. Etchogoyen, João Paulo Alsina
Editora: FGV
ISBN 978-85-225-0835-8

Segurança Internacional: perspectivas brasileiras é o resultado de um inédito ciclo de seminários patrocinado pelo Ministério da Defesa em parceria com instituições públicas e privadas de excelência. As dezenas de artigos aqui compilados conformam diversificado panorama sobre o lugar do país no mundo sob o prisma das relações de segurança prevalecentes no sistema internacional. Trata-se do mais amplo e qualificado painel jamais produzido nos Brasil sobre o assunto. O espectro de temas abordados, que vão de integrações sobre o futuro das guerras interestatais à militarização do espaço e suas consequências para as potências médias, soma-se à qualidade do conjunto de autores que contribuíram para este trabalho, representando o que de melhor existe em termos de reflexão na sociedade brasileira sobre segurança internacional.
Além da utilidade óbvia como subsídio para a formulação de políticas públicas no campo da defesa nacional, este livro pode ser considerado elemento de consulta indispensável para estudantes e professores de graduação e pós-graduação em Relações Internacionais, Ciências Políticas, Sociologia e Estudos Estratégicos.

Retratos do Brasil Homossexual: fronteiras, subjetividades e desejos
Organizadores: Horácio Costa, Berenice Bento, Wilson Garcia, Emerson Inácio, Wiliam Siqueira Peres
Editora: Edusp : Imprensa Oficial do Estado de São Paulo
ISBN 978-85-314-1245-4 (Edusp)
ISBN 978-85-7060-961-8 (Imprensa Oficial)

Oito décadas passadas, a situação mudou e nós sentimos, talvez equivocada e ilusoriamente, que já fazemos parte de qualquer retrato do Brasil que se queira comprometido com a avaliação objetiva de nossa realidade. Multidões se reúnem a cada mês de junho em várias cidades de Norte a Sul, e particularmente nesta, para festejar nossa dificilmente conquistada visibilidade no espaço social. Apesar disso, somos o país com o maior número de crimes de ódio contra homossexuais e direitos básicos nos são legalmente negados. Portanto, por tais razões de peso, temos bem presente que sob a aparência da tolerância social entrincheiram-se velhíssimos preconceitos.

Formação de educadores sexuais: adiar não é mais possível
Autora: Mary Neide Damico Figueiró
Editora: Eduel – Editora da Universidade de Londrina : Mercado de Letras
Coleção Dimensões da Sexualidade
ISBN 85-7216-444-8 (Eduel)
ISBN 85-7951-053-1 (Mercado de Letras)

Num momento em que a sociedade, em geral, está ciente da necessidade e da importância da educação sexual no processo educacional, é urgente que pensemos na questão da formação dos educadores para o desempenho dessa tarefa, uma vez que a formação acadêmica, há muito, vem sendo falha nesse sentido. O que é fundamental para se formar o educador sexual? Além da formação técnico-científica, que outros elementos são essenciais e não podem ser desconsiderados, com risco de se comprometer todo o processo? Quais as possibilidades e os limites desse desafio?

Tendo como base a sua experiência em formação de educadores sexuais, na Universidade Estadual de Londrina (UEL), a autora responde a essas e outras questões, nesta obra que é fruto de sua tese de doutorado em Educação. Com cuidado para que seu trabalho não seja visto como modelo ou padrão, ela mostra, passo a passo, como o realizou e o que constatou quando resolveu acompanhar, posteriormente, os professores que foram “preparados”.

Oficinas sobre sexualidade e gênero
Autoras: Tereza Cristina Pereira Carvalho Fagundes, Maria Paquelet Moreira Barbosa
Editora: Helvécia
ISBN 978-85-87826-78-7

As oficinas servem para diagnosticar a prática – o que as pessoas pensam, o que sentem, o que vivem, o que desejam… Servem para desenvolver um caminho de teorização sobre esta prática como processo sistemático, ordenado e progressivo e para retornar à prática, transformá-la, redimensioná-la. Também visam à inclusão de novos elementos que permitem explicar e entender os processos vividos pelas pessoas que delas participam.

Educação sexual: múltiplos temas, compromissos comuns
Organizador: Mary Neide Damico Figueiró
Editora: UEL – Universidade Estadual de Londrina
ISBN 978-85-98196-96-1

Atualmente muitos(as) educadores(as) compreendem que a educação sexual é tarefa não apenas do professor de Ciências mas do conjunto de professores(as), pois a sexualidade pode ser ensinada no interior de qualquer disciplina. Também, os profissionais das várias áreas ligadas à Saúde e ao Serviço Social sentem-se compelidos a buscar conhecimentos para atuar como segurança junto a crianças, adolescentes, jovens, adultos e até mesmo idosos. a responsabilidade da educação sexual é de todos.