Semana de Arte Moderna

Tarsila do Amaral, A Floresta, 1929

A Semana de Arte Moderna é um marco fundamental na cultura brasileira. É um fato histórico que representou um gesto de ruptura, a partir do qual se introduziu a modernidade artística. Aconteceu na cidade de São Paulo, de 13 a 17 de fevereiro de 1922 e passados noventa anos continua sendo um tema de interesse e debate.

A Revista USP de junho/julho/agosto de 2012 apresenta um dossiê sobre os 90 anos da Semana de 22, organizada por Lisbeth Rebollo Gonçalves.

Fonte: GONÇALVES, Lisbeth Rebolo. Revistas USPSão Paulo, n. 24, p. 6-140, jun.- ago. 2012. Dossiê.

Indicações de leitura

Antologia poética
Autor: Carlos Drummond de Andrade
Editora: Companhia das Letras
ISBN 978-85-359-2119-9

Com poemas selecionados e arranjados com inaudita perspicácia pelo próprio autor há 50 anos esta Antologia poética é ainda hoje a melhor e mais eloquente introdução panorâmica à obra de Carlos Drummond de Andrade. Dividido em nove seções, que dão conta com maestria do vasto escopo dessa lírica fundamental, este volume traz diversos clássicos drummondianos e outros poemas que lidos em conjunto, poderão ganhar uma nova luz.
   

O ponto onde estamos: viagens e viajantes na história da expansão e da conquista (Portugal, séculos XV e XVI)
Autor: Paulo Miceli
Editora: Unicamp
ISBN 978-85-268-0786-0

 A história das viagens dos descobrimentos é um daqueles temas em que convivem abundância e míngua; a primeira, representada por incontáveis trabalhos dedicados ao restabelecimento da composição precisa das armadas, ao traçado das rotas ou aos conhecimentos técnicos aplicados pelos navegadores; a escassez, como a multiplicidade de aspectos pouco ou nada explorados pelos investigadores, principalmente os referentes à viagem propriamente dita, ou à vida cotidiana a bordo dos navios.  

O desenho do Brasil no teatro do mundo
Autor: Paulo Miceli
Editora: Unicamp
ISBN 978-85-268-1000-6

Este livro apresenta ao leitor uma trajetória da representação cartográfica da Terra, com ênfase na cosmografia e nas artes e técnicas da navegação, desde o final da Idade Média, analisando a herança de Ptolomeu e seus desdobramentos e variações no trabalho dos cartógrafos renascentistas, bem como as principais espécies de mapas desenhados a partir do século XV: cartas-portulano representados sobre pergaminho; mapas manuscritos, nos quais foram registradas as primeiras viagens da expansão europeia; e cartas xilogravadas que chegaram às grandes casas impressoras dos Países Baixos, especialmente a Holanda, nos quais se constituíram importantes e influentes escolas cartográficas. 

Zoom. Design italiano e a fotografia de Aldo e Marirosa Ballo. Uma exposição da Vitra Design Museum, Weil am Rhein, 2011.
Editora:   Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado

“Com mais de 300 fotografias do Arquivo Ballo, objetos marcantes de coleções internacionais, publicações originais, clipes e cenários de interiores, a mostra Zoom. Design italiano e a fotografia de Aldo e Marirosa Ballo mostra a importância que o trabalho dos Ballo exerceu na formação da imagem que temos do design italiano. Ela possibilita descobertas sobre ícones da história do design, mas também sobre suas relações com a mídia de massa moderna, o que confere a este projeto uma alta relevância contemporânea.”

Mateo Kries

Movimentos e movimentos
Coleção de fotorgrafias do Museu de Arte Brasileira MAB-FAAP
Curodoria de Rubens Fernandes Junior
Editora:  Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado
ISBN 978-85-988864-48-8

Movimentos e movimentos  reúne 170 fotos, que  trazem diferentes momentos históricos e movimentos da fotografia divida em cinco espaços: “Moda, Comportamento e Estilo”; “O Corpo e suas Formas”; “O Retrato: atitudes e atuações diante do aparelho”; “Experimentações e Sonhos”; e “Fotomontagem”.  A mostra é dedicada à fotografia moderna e contemporânea brasileira e mundial e aponta alguns dos seus principais expoentes.  

Moda no Brasil: criadores contemporâneos e memórias
Editora:  Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado
Coordenação curatorial José Luis Hernández Alfonso; Curadoria e textos Denise Pollini
ISBN 978-85-98864-55-6

Vestir-se é um ato que realizamos diariamente e que nos demanda, conscientemente ou não, uma ação seletiva da roupa que vamos usar. Mas pouquíssimos de nós somos cientes dos múltiplos e complexos caminhos que percorreram o vestido ou a camisa que escolhemos. Quem desenha e confecciona nossa vestimenta? Quem determina a tendência de estilo, as combinações, os tecidos do momento, enfim, a sempre atuante e perseguida moda? Um pouco de todas essas informações ocultas no percurso da moda está presente na exposição Moda no Brasil.