Visita orientada à biblioteca

No início do ano letivo, a biblioteca, em parceria com a equipe de português, programa uma aula para apresentação da biblioteca aos novos alunos dos 6.os e 7.os anos.

A pesquisa e o estudo acontecem diariamente neste ambiente, assim como momentos de interação e entretenimento.

O acervo da Biblioteca do Band é composto por publicações de diversas áreas do conhecimento, organizadas de acordo com padrões internacionais de classificação e catalogação. Além de um riquíssimo acervo de periódicos.

O objetivo da visita é apresentar o espaço da biblioteca, suas normas de funcionamento, os recursos multimídia, o acervo, o blog e os serviços oferecidos. Com isso, queremos que o aluno se sinta estimulado a explorar os recursos disponíveis e a construir sua autonomia como pesquisador e leitor.

IMG_2

Após a apresentação, os alunos aproveitaram para explorar um pouco do acervo e realizar uma busca entre as obras disponíveis.

IMG_0404

 

IMG_0254IMG_0255

IMG_0415

 

Indicações de leitura

2.01 - blendBlended: using disruptive innovation to improve schools
Autor: Michael B. Horn e Heather Staker
Editora: Jossey-Bass
ISBN 978-111-895-154

Blended is the practical field guide for implementing blended learning technique in K-12 schools. A follow-up to the best-seller Disrupting Class by Clayton M. Christensen, Michael B. Horn, and Curtis W. Johnson, this hands-on guide is intended not only to be a resource for those wanting to make significant changes in their schools, but also na eye opener for people who feel content with what they have. Readers will find a step-by-step framework upon which to build a more student-centered educational system along with real-world advice for creating the next generation of K-12 learning environments.

Leaders, teachers, and other stakeholders will gain valuable insight into the processo using online learning, benefiting students and teacher alike, while avoiding missteps and potential pitfalls. Blended helps users:

  • Discover an attainable framework for implementing blended learning in a classroom, school, or district.
  • Unlock the potential and mitigate the risks of online learning.
  • Find answers to the most commonly asked questions about blended learning.
  • Create a more student-centered system that functions as a positive force across grade levels.

 

2.02 - EducacaoCompetência e qualidadeEducação: competência e qualidade
Autor: Nilson José Machado
Editora: escrituras
ISBN 978-85—7531-317-6

A coleção Ensaios Transversais trata de temas que articulam reflexões teóricas e ações cotidianas, em busca do que se poderia caracterizar como uma Scientia Activa. Os textos representam vozes que procuram um debate aberto, que transcenda a mera reiteração de ecos e contribua efetivamente para a negociação de possibilidade para um acordo no discurso, fundamental para a construção da cidadania.

 

2.03 - sociedade no poderA sociedade no poder: controlando os políticos no governo após as eleições
Autor: Aries Leslie Smith
Editora: Scortecci
ISBN 978-85-366-3825-6

Nas últimas décadas tem se assistido ao despertar da consciência social dos cidadãos, através do engajamento crescente das pessoas e empresas em ONGs e programa de voluntariado, demostrando claramente a incapacidade do Estado em atender as necessidades sociais e culturais em nível satisfatório.

No campo político, dada a descrença de que a militância partidária possa ser o caminho para atingirmos uma vida pública digna de orgulho cívico, o engajamento da sociedade entre as eleições se limita a vigiar e pressionar os governos, partidos e políticos, por meio da imprensa, corporações privadas, entidades da sociedade civil organizada ou redes sociais. Ou acontece espasmodicamente nas manifestações de ruas difusas, que não costumam apresentar propostas claras e consistentes. Em ambos os casos, sem real poder político institucional, só restando ao povo o grito ou o lobby legítimo.

A sociedade está madura para ir além – ela já pode e deve assumir o poder.

 

2.04 - alcoolÁlcool e drogas na adolescência: um guia para pais e professores
Autor: Ilana Pinsky e Cesar Pazinatto
Editora: Globo Livros
ISBN 978-85-7244-878-9

Este livro traz informações importantes e práticas sobre como tratar da questão das drogas e das bebidas alcoólicas com os jovens.

Os autores, experientes no assunto, não se esquivam da complexidade do tema. Afinal, são diferentes tipos de drogas, diversas situações, vários níveis de consumo, muitos tipos de famílias, etc. E situações diferentes exigem abordagens diversas. No entanto, diálogo e limites bem estabelecidos e coerentes devem sempre estar presentes. Tudo isso baseado em muita informação, já que todos que lidam com jovens sabem de seu característico questionamento, que exige dados corretos para dialogar. Para ajudar pais e educadores nessa tarefa, o livro responde às dúvidas mais recorrentes, fornecendo dados científicos e fundamentados em pesquisas para que os responsáveis tenham mais conhecimento sobre o assunto e, consequentemente, mais argumentos, mostrando, assim, caminhos para minimizar o problema.

A sociedade como um todo e, principalmente, a família e a escola – que, em geral, estão mais próximos dos adolescentes – devem trabalhar em conjunto para orientá-los. Assim, além das questões que os autores respondem, o livro apresenta uma série de atividades criativas e informativas, que utilizam o álcool e as drogas como tema, para serem trabalhadas em sala de aula.

 

2.05 - EducomunicaoEducomunicação, redes sociais e interatividade
Orgs: Cecília Pavani, Cristiane Parente, Fabiano Ormaneze
Editora: Leitura crítica
ISBN 978-85-64440-10-4

Este livro reúne artigos produzidos a partir das comunicações apresentadas no 6º Seminário Nacional “O professor e a Leitura de Jornal”, realizado em julho de 2012, na Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP/SP), tendo como tema “Redes Sociais e Interatividade”. O evento estabeleceu como principal objetivo discutir a relação entre as diversas mídias e a sua utilização no ambiente escolar. Mais especificamente, a proposta foi a de realizar uma discussão em que o jornal impresso pudesse ser colocado no mesmo nível das diferentes mídias e dos processos pedagógicos na sociedade contemporânea. Além disso, procurou-se incentivar o debate sobre a compreensão dos conteúdos e dos modos de produção, veiculação e recepção das informações midiáticas nos vários espaços socioeducativos. Como a democracia nos meios de comunicação pressupõe a produção de material midiático e a pesquisa sobre os seus efeitos na sociedade, o seminário também pretendeu estimular a produção e o intercâmbio de resultados de levantamentos e experiências que tivessem como foco os aspectos relacionados ao tema proposto.

 
2.06 - jornalismoJornalismo de Rádio
Autor: Milton Jung
Editora: Contexto
ISBN 978-85-7244-281-7

O rádio, esse “senhor” de mais de oitenta anos, soube como poucos assimilar as novas tecnologias, mantendo um público cativo e conquistando novos ouvintes, onde quer que eles estivessem. Da dona de casa ao alto executivo, diariamente milhões de pessoas sintonizam a emissora preferida em busca de notícias, informações ou mesmo de uma palavra amiga. Presente na Internet, hoje é possível interagir com os apresentadores por e-mail ou telefone, aumentando a proximidade entre locutor e público. Neste livro, escrito para jornalistas e estudantes de Comunicações, Milton Jung, além de fornecer orientações práticas para quem pretende ingressar na área, expõe o cotidiano em uma grande emissora, e as “lendas” e histórias verídicas que circulam nos bastidores desse ágil, poderoso e essencial veículo de comunicação.

 

2.08 - terraTerra sonâmbula
Autor: Mia Couto
Editora: Companhia das Letras
ISBN 978-85-359-1044-5

Ancorado em cuidadosa carpintaria poética e fabular, Terra Sonâmbula é uma verdadeira aula sobre a velha arte de contar histórias.

No Moçambique pós-independência, ao mergulhado em uma devastadora guerra civil, dois companheiros de viagem, o velho Tuahir e o menino Muidinga, topam com um ônibus incendiado que lhes servirá de abrigo. Ao lado do ônibus, encontram uma mala. Dentro dela, descobrem o diário de Kindzu, outro fugitivo das atrocidades da guerra. Os doze cadernos que compõem o diário de Kindzu estão recheados de histórias e fantasias míticas ancoradas tanto na cultura tradicional do sudeste da África quanto na vivência dos horrores de um conflito que mais parece um pesadelo sem fim.

Mia Couto, neste romance admirável, comunica-se diretamente com a alma profunda de uma terra conturbada à qual foi negado o direito ao sono – a terra sonâmbula –, mas não ao sonho e à arte, as vias mágicas por excelência de resgate da vida humana.

 
2.07 - Conte sua história de São PauloConte sua história de São Paulo
Autor: Milton Jung
Editora: Globo
ISBN 85-250-4283-8

Minha relação com o rádio, muito antes de ser jornalista, começou como ouvinte lá pelo fim dos anos de 1970. Sempre me impressionaram os relatos da conquista heroica, do drama pessoal, da tragédia familiar ou do desenvolvimento das relações humanas. As melhores reportagens que ouvi ou realizei, as mais marcantes, aquelas de que me lembro ainda hoje, são as que contam histórias e descrevem o cotidiano do cidadão.

Desde janeiro 2006, quando a rádio CBN criou o quadro “Conte sua História de São Paulo”, em homenagem aos 452 anos de fundação da capital, é comum ouvir a cobrança para que eu conte as minhas histórias da cidade. Mas, afinal, o que faço desde 2000 à frente do programa CBN São Paulo? Durante duas horas e meia, de segunda a sábado, o CBN São Paulo conta histórias da nossa cidade, muitas protagonizadas pelo ouvinte-internauta, essa figura que surgiu pouco antes da despedida do século 20, quando as máquinas de datilografia sobre as escrivaninhas foram substituídas pelos computadores nas estações de trabalho.

 

2.09 - caindoCaindo no Brasil: uma viagem pela diversidade da educação
Autor: Caio Dib
Editora: do Autor

Projeto de educação, com objetivos, metas e
Métricas, o Brasil nunca teve. Em século algum, ou contexto nenhum. Talvez o mais próximo disso tenha sido a agressiva e necessária universalização promovida do Ensino Básico nos anos 1990 e 2000. Mas o que acontece dentro da sala de aula, ou como são formados os docentes, foram sempre assuntos de disputas de cátedras universitárias, egos de pesquisadores ou territórios de partidos políticos. Enquanto nada parece tanger a sociedade, a preta de olhos verdes, ligeiramente puxados, cujos nariz aponta para África, a roupa para a Europa e o iPad para a América do Norte continua lá. Enigmática, deixou de ser apenas o “mito das raças tristes”. Explodiu em criatividade, conquistou o mundo e ficou a bandeira na economia criativa. Como chegou lá? Ninguém sabe ao certo; nem universidades, nem pesquisadores e tampouco partidos políticos.

O Brasil cresceu e caindo nesse gigante, Caio Dib nos ajuda a montar o mosaico de experiência educacionais que nos faz compreender que não apenas a sorte leva alguns jovens oriundos da periferia das grandes cidades, da dureza do semiárido ou das comunidades quilombolas e ribeirinhas a conseguir, diante de tanto fracasso, um belo projeto de vida. São as experiências que encantaram o autor, reunidas neste livro, que podem servir de base para vários projetos para um país. Afinal, no Brasil tudo é plural.

 

2.10 - Manoel do empManual do empreendedorismo: 74 dicas para ser um empreendedor de sucesso
Autor: Bruno Caetano
Editora: Gente
ISBN 978-85-7312-990-8

O guia prático para quem sonha em ir mais longe.

Quais os segredos para obter o próprio negócio? O que todo empreendedor precisa saber para se tornar um verdadeiro líder?

Neste livro, Bruno Caetano presenteia a todos com informações valiosíssimas para aqueles que desejam trilhar um caminho de prosperidade, sendo o protagonista do seu sonho. Aqui, você descobrirá como garantir a melhor estratégia para obter o melhor resultado por meio de:

  • Planejamento;
  • Investimento;
  • Análise de oportunidades;
  • Relacionamento com clientes e colaboradores.

Descubra como o mercado funciona antes de abrir seu negócio.

 

2.12 - historia do mundoA história do mundo em 100 objetos
Autor: Neil MacGregor
Editora: Intrínseca
ISBN 978-85-8057-441-8

Neste livro viajamos de volta no tempo e cruzamos o globo terrestre para ver como nós, seres humanos, moldamos o mundo e fomos moldados por ele nos últimos dois milhões de anos. O relato é conduzido pelos mais variados artefatos que o homem produziu, concebidos cuidadosamente para serem admirados e preservados ou para serem usados, danificados e descartados. Foram selecionados apenas cem objetos de diferentes momentos de nossa jornada: de uma panela a um galeão dourado, de uma ferramenta da idade da pedra a uma lâmpada fotovoltaica, todos do acervo do British Museum.

 

2.014 - Desing educacionalDesign Educacional: educação a distância na prática
Autor: João Mattar
Editora: Artesanato Educacional
ISBN 978-85-64803-02-2

As novas tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) têm provocado mudanças significativas na educação. Uma dessas mudanças é o desenvolvimento da Educação a Distância (EaD), que tem criado novos personagens, como os tutores. Este livro explora as características e funções de um desses novos personagens, o Designer Educacional, defendendo uma educação aberta e flexível.

Quais as diferenças entre design educacional e instrucional? Que contribuições os games podem trazer à educação? Quais são as etapas do design educacional? Como podemos incorporar Ambiente Virtuais de Aprendizagem? O que significam princípios multimídia? Como trabalhar elementos visuais de ensino, como imagens, gráficos e tabelas? O que significam design de atividades e de interações? Como avaliar com as TICs? Essas e outras questões são exploradas neste livro.

 

2.16 - Arte para que A preocupação social na arte brasileira 1930-1970
Autor: Aracy A. Amaral
Editora: Studio Nobel
ISBN 85-7553-011-9

O preconceito da abordagem conteudística da obra de arte tem impedido a apreciação da preocupação social na arte de nosso tempo. No entanto, essa preocupação, tem sido uma constante nas artes visuais de nosso País, assim como uma das características na arte da América latina contemporânea. Assim, paralelamente às tendências renovadoras e anti-acadêmicas que começam a tomar corpo nos anos 20, ou simultaneamente a elas, o artista passa cada vez mais a se indagar sobre a função social de sua produção, seu público e como colocar sua obra a serviço de alterações da estrutura de uma sociedade injusta. Essas preocupações, que em determinados períodos chegaram a levar o artista à militância política (tanto na música quanto na poesia, no cinema, nas artes visuais, no teatro como na literatura), dificilmente são permanentes em toda a sua trajetória profissional. Em geral correspondem a uma fase de seu trabalho, ou mesmo a obras isoladas no contexto de sua produção e emergem em momentos de efervescência político-social de seu entorno.

 
2.12 - 11 misteriosOs 11 maiores mistérios do universo
Autor: Reinaldo José Lopes
Editora: Abril
ISBN 978-85-364-1226-1

Até onde sabemos, os membros da nossa espécie sempre foram fascinados por uma série de mistérios fundamentais. Um deles: o Cosmos teria emergido sozinho do caos, de forma espontânea, ou alguma entidade que governa seu desenvolvimento? E, por falar nisso, o conjunto de tudo o que existe teve mesmo um começo? E terá um fim? Onde quer que encontremos registros do pensamento humano, vemos versões dessas perguntas sendo feitas e tentativas de respostas a elas, usando a linguagem do mito, da filosofia e, nos últimos séculos, a da ciência. Mas hoje as coisas mudaram um pouco de figura. Nunca tivemos tamanha abundância de dados para esboçar respostas a esses mistérios quanto hoje. Neste livro, o jornalista cientifico Reinaldo José Lopes relata o estado atual dessa busca, misturando precisão, irreverência e, o mais importante, paixão pelo conhecimento humano.

Indicações de leitura

01 - mitologiaMitologia: Um guia dos mundos imaginários.
Autor: Christopher Dell
Editora: Edições Sesc
ISBN 978-85-01-071736

Mitologia: um guia dos mundos imaginários propõe uma abordagem diferente no estudo dos mitos ao considerar todas as principais tradições mitológicas lado a lado: celta, greco-romana, nórdica, budista, oriental, nativo-americana, centro e sul-americana, africana e do oriente médio. Em virtude da rica e variada interlocução que as narrativas míticas estabelecem entre si, o livro é organizado por temas e não por culturas, o que permite ao leitor fazer comparações.

Em vez de acompanhar o desenvolvimento dos mitos cronologicamente, a obra explora assuntos recorrentes conforme eles surgem mundo afora.

 

02 - a imperatrizA Imperatriz de Ferro: a concubina que criou a China moderna.
Autor: Jung Chang
Editora: Companhia das Letras
ISBN 978-85-359-2480-0

Não há dúvidas de que a imperatriz-viúva Cixi (1835-1908) é a mulher mais importante da história chinesa. Tendo governado o país por décadas, hoje ela é considerada a principal responsável por ter conduzido o império medieval à era moderna. Aos dezesseis anos, numa seleção nacional para acompanhantes reais, Cixi foi escolhida para ser uma das várias concubinas do imperador. Quando ele morre em 1861, é o filho de cinco anos de ambos que assume o trono. Mas a imperatriz organiza um golpe contra os regentes indicados pelo marido e passa a ser a verdadeira líder da China.

A biografia Jung Chang descreve com toda vivacidade a luta de Cixi contra os enormes obstáculos que precisaram ser derrubados para transformar o império chinês. Ela foi a responsável por implantar muitos dos atributos de um estado moderno, como a indústria, ferrovias, eletricidade e novos armamentos; e mesmo por avanços como abolição de torturas milenares e o reconhecimento de certos direitos da mulheres. Baseada em documentos históricos fundamentais que só ficaram disponíveis recentemente, esta biografia veio sobre um período crucial da história da China e do Mundo. Narrado num ritmo rápido e envolvente, o livro é ao mesmo tempo um panorama do nascimento de uma nação moderna e o retrato íntimo de uma grande mulher monarca.

 

03 - guga em brasileiroGuga: um brasileiro
Autor: Gustavo Kuerten
Editora: Sextante
ISBN 978-85-431-0148-4

É em junho de 1997 que Gustavo Kuerten inicia a maior virada de sua vida. O palco é Roland Garros, o torneio de tênis mais charmoso do mundo. Como personagem inicialmente coadjuvante e depois protagonista, o desconhecido cabeludo, surfista e boa-praça iria abalar as tradições do esporte refinado e entrar para a historia mundial do tênis e do esporte brasileiro. Mas sua trajetória brilhante rumo ao topo do ranking tem início muito antes, quando ainda era criança em Florianópolis, onde seria preparado pela família, pelas tragédias e por um treinador que esteve ao seu lado em todos os grandes momentos.

Em um relato absolutamente sincero, empolgante e emocionante, Guga revela através de seus sentimentos as passagens mais marcantes de sua vida. Ele descreve as memórias de sua infância e adolescência com o mesmo estilo modesto e divertido que o caracteriza como jogador.

Essa jornada sem igual, passando pelos torneios juvenis e profissionais, o tricampeonato de Roland Garros, a chegada ao topo do ranking mundial, entre outras conquistas, é contada a partir da visão única do menino que nasceu para ser campeão e cativou o coração de todos os brasileiros.

 

04 - oscar schmidtOscar Schmidt: Conquistando o sucesso: A trajetória de Oscar Schmidt no basquete e na vida.
Autor: Oscar Schmidt
Editora: Komedi
ISBN 978-85-7582-538-9

Com uma narrativa apaixonada, Oscar Schimdt conta a trajetória de sua vida e de sua carreira de 32 anos como jogador de basquete. Oscar Daniel Bezerra Schimdt é um dos maiores colecionadores de recordes do esporte mundial. Conquistou a admiração do povo brasileiro por seu brilho defendendo a Seleção Brasileira de Basquete por 20 anos, bem como a admiração de astros da NBA, como Magic Johnson e Kobe Bryant.

Após seu afastamento das quadras, Oscar passou a transmitir sua experiência por meio de palestras, em que conta seu sucesso como jogador e como parte de uma equipe que enfrentou grandes desafios e que conquistou o respeito dos brasileiros, projetando-se internacionalmente. Seu trabalho tem sido reconhecido por empresas de todos os segmentos que já contrataram suas palestras, verdadeiras ferramentas para as mais variadas finalidades de treinamento corporativo.

 

05 - piratas no brasilPiratas no Brasil: as incríveis histórias dos ladrões dos mares que pilharam nosso litoral.
Autor: Jean Marcel C. França e Sheila Hue
Editora: Globo
ISBN 978-85-250-5827-0

Piratas no Brasil conduz o leitor a uma fascinante e pouco conhecida aventura de nossa história. O livro traz quatro acontecimentos verídicos e extraordinários do período colonial: são os ataques de piratas – ou corsários, segundo uma definição técnica mais precisa, como explicam os autores – ocorridos em diferentes pontos do litoral da antiga América Portuguesa, entre o final do século XVI e o início do século XVIII.

Todos eles dariam um excelente roteiro de cinema, no melhor estilo dos romances de capa e espada, sobre uma época em que os mares e oceanos do planetas eram infestados de ladrões e aventureiros interessados nas riquezas que fluíam do Oriente e do Novo Mundo para a Europa a bordo dos navios mercantes de Portugal e Espanha.

 

06 - educaçao abertaEducação Aberta: o avanço coletivo da educação pela tecnologia, conteúdo e conhecimento abertos.
Autor: Toru Iiyoshi e M. S. Vijay Kumar
Editora: ABED
ISBN 978-0-262-03371-8

Minha relação com o rádio, muito antes de ser jornalista, começou como ouvinte lá pelo fim dos anos de 1970. Sempre me impressionaram os relatos da conquista heroica, do drama pessoal, da tragédia familiar ou do desenvolvimento das relações humanas. As melhores reportagens que ouvi ou realizei, as mais marcantes, aquelas de que me lembro ainda hoje, são as que contam histórias e descrevem o cotidiano do cidadão.

Desde janeiro 2006, quando a rádio CBN criou o quadro “Conte sua História de São Paulo”, em homenagem aos 452 anos de fundação da capital, é comum ouvir a cobrança para que eu conte as minhas histórias da cidade. Mas, afinal, o que faço desde 2000 à frente do programa CBN São Paulo? Durante duas horas e meia, de segunda a sábado, o CBN São Paulo conta histórias da nossa cidade, muitas protagonizadas pelo ouvinte-internauta, essa figura que surgiu pouco antes da despedida do século 20, quando as máquinas de datilografia sobre as escrivaninhas foram substituídas pelos computadores nas estações de trabalho.

 


07 - as ideis conservadorasAs ideias conservadoras
: explicadas a revolucionários e reacionários.
Autor: João Pereira Coutinho
Editora: Três Estrelas
ISBN 978-85-65339-25-4

Em um país de democracia recente e marcado historicamente por ditaduras como o Brasil, o pensamento político conservador costuma ser associado ao autoritarismo e à supressão das liberdades individuais. O audacioso objetivo deste livro é desfazer esse equívoco e apresentar ao leitor as ideias conservadoras, que não se confundem com as doutrinas reacionárias.

Para o jornalista e cientista político João Pereira Coutinho, o conservadorismo é o modo de a sociedade preservar o melhor que, com base na tradição democrática, ela criou para garantir a paz, a liberdade dos cidadãos e o vigor das instituições.

Com linguagem clara e envolvente, o autor expõe o pensamento dos principais filósofos conservadores, ao mesmo tempo que tece uma reflexão política de importante significado para a atualidade. Contra radicalismos crescentes à direita e à esquerda, Coutinho defende o primado da lucidez e do equilíbrio.

 

08 - na minha peleNa minha pele: a vida de Samuel Grunspan, sobrevivente do holocausto.
Autor: Debi Aronis
Editora: Exlibris
ISBN 978-85-64117-06-8

Um garoto é arrancado de uma vida feliz em família pelo turbilhão da 2ª Guerra Mundial. Submetido ao trabalho escravo em campos de concentração nazistas, aprende uma profissão, consegue sobreviver e descobre no Brasil, muito longe de sua Cracóvia natal, a felicidade.

Em na minha pele, o leitor é arrastado de um lado para o outro das vastas memórias de Samuel Grunspan, dividindo com ele emoções sempre muito fortes. Mas envolvidas pela temperança de quem encontrou na fé e na vida em família o caminho da felicidade.

Em sua primeira obra adulta, Debi Aronis nos traz a história de um homem comum, que poderia ser a história de qualquer um de nós. E que por isso mesmo é tão extraordinariamente única e universal.

 

09 - relações internacionaisRelações Internacionais em Euclides da Cunha: cartas de sete léguas.
Autor: Marlene Paula M. e F. de Toledo
Editora: Nankim
ISBN 978-85-7751-075-7

O nome de Euclides da Cunha é sempre lembrado como o escritor e analista social de Os sertões – obra referencial da própria identidade brasileira. Porém, durante sua vida relativamente breve, Euclides destacou-se também como jornalista, historiador, geógrafo, engenheiro, militar e poeta. E – como vidência a seleção de sua correspondência, feita pela Profª Marlene Paula Marcondes e Ferreira de Toledo – teve uma participação ativa nas relações internacionais do Brasil à época do nosso igualmente paradigmático Barão do Rio Branco.

Cartas de sete léguas certamente será reconhecido como uma importante e oportuna contribuição – não só pelos numerosos admiradores e estudiosos da obra euclidiana, como também pela comunidade acadêmica em geral.

 

10 - academiaAcademia de liderança: como desenvolver sua capacidade de liderar.
Autor: Fernando Jucá
Editora: Papirus 7 mares
ISBN 978-85-61773-25-0

Na discussão mais velha da administração – sobre se lideres nascem feitos ou são formados – nossa resposta é um duplo sim: todos nascemos capazes de ser líderes e todos podemos aperfeiçoar nossa capacidade de liderança.

Liderar é ser corresponsável pelo desempenho de outras pessoas. É influenciar comportamentos. É colaborar para que equipes alcancem seus objetivos.

A liderança não está apenas no topo das organizações. Nem mesmo apenas nas corporações. Professores lideram. Pais lideram. Sempre que eles atuam nas quatro fundamentais dimensões da liderança, discutidas aqui: engajar, ajudar a moldar o futuro e contribuir para a entrega de resultados no presente.

O objetivo deste livro é revelar a essência da liderança, o que realmente faz a diferença, aqueles conceitos e ferramentas que venceram o teste do tempo.

 

11 - 19421942: o Brasil e sua guerra quase desconhecida.
Autor: João Barone
Editora: Nova Fronteira
ISBN 978-85-209-3394-7

João Barone, baterista do grupo Paralamas do Sucesso e aficionado por assuntos da Segunda Guerra Mundial, procura revelar e analisar a participação do Brasil no conflito que sangrou o mundo. Filho de um dos mais de 25 mil pracinhas que lutaram na Itália, Barone dirige sua pesquisa pelo passado do pai e do país para unir dados, curiosidades e histórias emocionantes de uma campanha incrível que muitas vezes o próprio brasileiro desconhece.

 

12 - design totalDesign total: Calduro Martino
Autor: Celso Longo
Editora: Cosac Naify
IBSN 978-85-405-0610-7

Ao longo de seus cinquentas anos de atuação, o escritório Cauduro Martino desenvolveu centenas de identidades visuais para grandes empresas que tiveram uma presença massiva na vida dos brasileiros. O escritório Cauduro Martino foi responsável pela implementação do projeto de identidade visual do Colégio Bandeirantes. O arquiteto João Carlos Cauduro fez Band de 1952 a 1954.

Este livro analisa minuciosamente cinco projetos de escala urbana, situados na interface entre design gráfico, desenho industrial, arquitetura e urbanismo. São trabalhos seminais quanto ao método e à linguagem, que tiveram papel fundamental na construção de uma visualidade moderna para São Paulo.

 

13 - 60 ANOS60 anos: retrato do tempo
Autor: Colégio Santa Cruz
Editora: Colégio Santa Cruz
ISBN

Ao definir a publicação representativa das comemorações dos 60 anos do Colégio Santa Cruz, decidimos privilegiar os retratos do tempo, em uma homenagem que pretende olhar para diversas direções: memória coletiva, história viva, obra em processo, alegria do novo.

Para isso, contamos com um esforço de recuperação da memória iniciada com a revisão de nosso material histórico, constituído por fotografias e documentos. O extenso arquivo conta com mais de dez mil imagens – as mais antigas da chegadas dos primeiros padres da Congregação de Santa Cruz ao Brasil, em 1944 – e agora cresce e se multiplica a cada dia, com o registro constante realizado pelos nossos educadores.

 

14 - reviesta brasileira de aprendizamgemRevista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância
Autor: ABED
Editora: ABED
ISSN – 1806-1362

A Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância (RBAAD) é um jornal interativo com foco em pesquisa, desenvolvimento cientifico e prática da educação a distância.

A revista aceita e publica artigos em três idiomas – português, inglês e espanhol, de autores brasileiros ou estrangeiros. A política e a seleção de artigos são determinadas pelos objetivos editoriais da ABED e pelo grupo editorial da revista, tomando como referência a necessidade do ineditismo da obra, sua contribuição à Educação a Distância, além da originalidade do tema, a consistência e o rigor da abordagem teórica.

 

15 - a republica das abelhasA república das abelhas: romance.
Autor: Rodrigo Lacerda
Editora: Companhia das Letras
ISBN 978-85-359-2352-0

Em república das abelhas, romance histórico surpreendente de Rodrigo Lacerda, é Carlos quem recria os bastidores de sua história, da história de sua família e da história do país. O narrador costura os grandes acontecimentos nacionais à vida cotidiana de seus antepassados e dele próprio, revelando os nexos lógicos, as motivações escondidas, as versões divergente e os acidentes de percurso que ligam temperamento, formação e atitude política.

Este livro sugere uma nova perspectiva sobre a história do Brasil. A partir da fina reconstrução psicológica, da relação orgânica entre personagens e acontecimentos, a narrativa transcende períodos específicos, remetendo ao fluxo mais amplo da aventura política nacional.

 

16 - conselho estadualConselho estadual: 50 anos de normas e políticas educacionais.
Org: Guiomar Namo de Mello
Editora: Secretaria da Educação
ISBN 978-85-7849-682-1

A presente publicação traz artigos sobre temas fundamentais para a concepção e execução de boas políticas públicas educacionais no Brasil, em especial em São Paulo, de autoria de renomados especialistas em suas áreas. Organiza-se em capítulos decorrentes das apresentações feitas durante as mesas de debate do Seminário sobre os 50 anos do CEE-SP.

Neste 50 anos de existência, tem sido relevante seu papel nos temas que integram esta publicação: formação de professores de educação básica, incluindo a atratividade da carreira docente, os desafios propostos pelo Ensino Médio hoje – verdadeiro gargalo da educação no país, o regime de colaboração entre estados e os municípios, o plano nacional e os estaduais de Educação vistos também à luz da evolução dos principais indicadores educacionais do Estado, além da expansão do ensino superior no Brasil e no mundo, e, com isso, a maior inclusão de jovens neste nível de ensino.

 

17 - banana, barro eBanana, barro e mandioca
Autor: Mônica Montoro
Editora: Ed. do autor

O livro apresenta um relato poético sobre os habitantes do vale do Ribeiro, revelando como eles incorporaram tradições indígenas e africanas no trabalho do barro como cerâmica utilitária; e como a mandioca, cultivada pelos índios, gera receitas, quitutes e sabor para o paladar nacional.

A região – Ao sul do estado de São Paulo e a leste do Paraná, o Vale do Ribeira é composto por uma miscigenação de etnias distintas que enriquece a cultura local, abrigando portugueses, poloneses, espanhóis, alemães e japoneses.

Sem a preocupação de estabelecer um registro formal, o livro contribui para a preservação da memória e do legado desses habitantes, desde os guaranis que ainda vivem em aldeias e desenvolveram a tecnologia da farinha de mandioca e o jeito de fazer roças, aos descendentes de escravos, com suas festas e missas afro-brasileiras.

 

18 - a universidadeA Universidade de Coimbra
Autor: Universidade de Coimbra
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra
ISBN 978-85-989-26-0161-8

O Brasil é um país fascinante. A música, as paisagens, a diversidade das gentes, a alegria, a imensidão, tudo nos consegue encantar. Sem o Brasil a lusofonia seria um fenômeno “local”; com o contributo inestimável deste grande país ela é uma estrela mundial em ascensão. A Universidade de Coimbra (UC) teve uma importância decisiva na formação do Brasil. Foi em Coimbra que estudou quase toda a elite brasileira envolvida na independência do seu país. José Bonifácio de Andrade e Silva, o “patriarca da independência”, foi inclusivamente professor em Coimbra.

O mundo global em que vivemos, todas as sociedades têm de olhar para o planeta no seu conjunto e não apenas para a sua região ou país. O devir da Universidade de Coimbra está pois indelevelmente ligado ao Brasil, que recebe atualmente milhares de estudantes brasileiros.

Esta exposição é por tudo isto um dado mais no (re)encontro entre a Universidade de Coimbra e o Brasil, permitindo afinal concluir que a ligação é funda, sempre existiu e só pode ficar ainda mais forte.

 

19 - camilo pesanhaCamilo Pessanha prosador e tradutor
Autor: Daniel Pires
Editora: Instituto Português do Oriente
ISBN 978-35-0135-X

Reúne-se, neste volume antológico, a atividade de Camilo Pessanha no âmbito da prosa e da tradução, empresa já materializada, de uma maneira não exaustiva, por João de Castro Osório e, mais recentemente, por Antônio Quadros. Com efeito, foi coligada toda sua produção de que há notícia.

Fica-se, assim, com uma perspectiva abrangente da obra em prosa de Camilo Pessanha, embora se deva ter em consideração que muito mais existe, nomeadamente, na Conservatória do Registro Predial e no arquivo do tribunal de Macau – mais de mil processos.

Todos os contos de Camilo Pessanha fazem parte das suas primícias literárias. Embora seja uma prosa de juventude, não deixa de ser extremamente amadurecida, pois revela já todas as potencialidades que se viram a materializar mais tarde.

 

 

20 - EDUCADORO educador e a moralidade infantil: uma visão construtivista.
Autor: Telma Pileggi Vinha
Editora: Mercado de Letras
IBSN – 85-85725-61-3

Este livro apresenta os fundamentos da teoria piagetiana sobre o desenvolvimento da moralidade infantil. Os conteúdos aqui presentes ajudam o educador a tomar decisões subsidiando-as na compreensão do desenvolvimento sociomoral da criança e na construção do conhecimento.

Resultado de uma pesquisa realizada diretamente com professores, esta obra relata o conteúdo de um curso ministrado sobre o desenvolvimento da moralidade, apresenta as implicações pedagógicas decorrentes desses estudos e analisa as situações vivenciadas pelos educadores no cotidiano da escola, narrando as dificuldades comumente encontradas por eles ao trabalhar com essa questão. Sua proposta é auxiliar o educador não somente a compreender a criança com a qual está trabalhando, mas também a reformular sua atuação de modo a favorecer a conquista da autonomia infantil.

O livro traz ainda sugestões concretas de procedimentos pedagógicos, coerentes com os princípios de uma educação construtiva, que auxiliam o educador a construir um ambiente sociomoral cooperativo em sala de aula.

 

21 - teachTeach like a Champion 2.0: 62 techniques that put students on the path to college.
Autor: Doug Lemov
Editora: Jossey-Bass
ISBN 978-35-0135-X

Teach Like a Champion 2.0 is a complete update to the international bestseller. This teaching guide is a must-have for new and experienced teachers alike. Over 700,000 teachers around the world already know how the techniques in this book turn educators into classroom champions. With ideas for everything from classroom management to inspiring student engagement, you will be able to perfect your teaching practice right away.

The first edition of Teach Like a Champion influenced thousands of educators because author Doug Lemov’s teaching strategies are simple and powerful. Now, updated techniques and tools make it even easier to put students on the path to college readiness. Here are just a few of the brand new resources available in the 2.0 edition.

 

22 - quatro4 pequenas histórias que juntas mudaram o mundo: a escrita, o papel, a gravura e a imprensa.
Autor: Fabio Mestriner
Editora: M.Books
IBSN 978-85-7680-228-0

Como a escrita, o papel e a gravura surgidos em lugares tão diferentes do mundo foram parar na prensa de Gutenberg na cidadezinha de Mainz, na Alemanha medieval? Como foi a jornada que fizeram, partindo da Mesopotâmia em 3300 antes de Cristo? Qual foi a contribuição da China? E a Rota da Seda, como entra nesta história fascinante?

Nestas quatro pequenas histórias que juntas mudaram o mundo, vamos conhecer a saga da escrita, do papel, da gravura e da imprensa e saber como elas se fundiram na prensa de Gutenberg, onde criaram a plataforma que sustentou e aponte por onde passou desde então a maior parte do conhecimento produzido pela humanidade.

 

representaçõesRepresentações da fauna no Brasil séculos XVI-XX

Autor: Felipe F. V. Velden
Editora: Andrea Jakobsson Estúdio
ISBN 978-85-88742-64-2

Nos primeiros séculos de colonização na Europa e mesmo entre os colonos, a tropicalidade e o pertencimento ao Novo Mundo balizavam o imaginário sobre os seres vivos do Brasil. Essas terras desconhecidas encarnavam um espaço que escapava ao mundo mapeado até então pelos cristãos. A estranheza e dos selvagens que a habitavam gerou interpretações que oscilavam entre exaltação e condenação. Ao longa da história do Brasil, os animais partilharam com os homens, as plantas e o clima as representações dos trópicos e das Américas. Desfiando-se algumas tramas do tempo, vê-se que o novo continente logo recebeu animais que mudaram sua face e possibilitaram a colonização: bois, cavalos, jumentos e galinhas rapidamente criaram raízes. Paralelamente, muitos animais foram transplantados do novo para o Velho Mundo e a América, onde integraram coleções e gabinetes de curiosidades. O livro Representações da Fauna no Brasil, visa estudar esse trânsito e demonstrar a relação estreita que marca as representações da fauna nacional e a própria constituição da identidade da América portuguesa e do Brasil. Este projeto foi patrocinado pelo grupo BBM em 2014.

 

24 - literaruaA imagem e o verbo: fotobiografia de Camilo Pessanha
Autor: Daniel Pires
Editora: Instituto Português do Oriente
IBSN 99937-0-077-

Camilo Pessanha (1867-1926) teve uma vida inteira de abandono, desistência e amargura que estão refletidos em seus versos mais marcantes. Mas, nas três décadas que viveu no Extremo Oriente, a vida irregular e o gosto pela bebida e o ópio, se o prejudicaram alguma vez, não o impediram de ascender socialmente na fechada sociedade portuguesa de Macau. E não foram poucos esses êxitos, como se pode acompanhar pela leitura de A Imagem e o Verbo: Fotobiografia de Camilo Pessanha, livro organizado com especial esmero por Daniel Pires, que não só vasculhou arquivos de Portugal como viajou a Macau para consultar a Biblioteca do Leal Senado, onde se encontra o acervo de Camilo Pessanha, e resgatar um pouco da cidade onde o poeta viveu os seus melhores anos.

O resultado é uma série de fatos desconhecidos dos seus biógrafos, que até aqui haviam insistido muito na figura de um poeta desarvorado, que morreu tuberculoso e das sequelas do vício. Em sua pesquisa, Pires foi em busca do outro lado da vida de Camilo Pessanha, mostrando que o poeta, na qualidade de jurista, teve posições determinantes no relacionamento entre portugueses, macaenses e chineses, como assinala no prefácio que escreveu para esta fotobiografia.

 

25 Monteiro lobadoA literatura infantil de Monteiro Lobato: uma pedagogia para o progresso.
Autor: Rose Lee Hayden

O livro “A literatura infantil de Monteiro Lobato” é considerada uma obra importante para a inserção ao universo Lobatiano. A Ótica da autora Americana Rose Lee Hayden, contribuiu de forma significativa, entre aqueles que vasculham como “arqueólogos vorazes”, às quase 5 mil páginas de literatura infantil do mestre.

 

26 - Le PatriLe Patrimoine: Pourquoi, comment, jusqu’où?
Autor: Christian Hottin, Yann Potin
Editora: La documentation Française
ISSN 0419-5361

Le patrimoine est surtout affaire de choix entre conservation et destruction, entre mémoire et oubli. Il revêt ainsi de multiples formes : de la collection au musée, de la reconstruction à la restauration, de l’original à l’authentique en passant par la copie. C’est à partir d’exemples aussi divers que les tatouages samoans, le Palais du Facteur cheval, le déplacement du grand temple d’Abou-Simbel, la restauration du film : Quai des brumes, la restitution par la France de la Vénus hottentote à l’Afrique du Sud ou les temples mille fois reconstruits de Nara qu’est construit ce dossier.

 

27 - géopolitiqueGéopolitique du Moyen-Orient
Autor: Fabrice Balanche
Editora: La documentation Française
ISSN 0419-5361

Le Moyen-Orient revêt une importance géopolitique majeure. Cette région détient la moitié des réserves d’hydrocarbures mondiales, abrite les lieux saints des trois religions monothéistes et se situe au carrefour des principales routes du commerce mondial. Depuis des décennies, les tensions et les conflits s’exacerbent. De plus, des acteurs non étatiques – les groupes islamistes – sont aussi maintenant entrés en scène. Face à ces crises, quel est le rôle des grandes puissances ? L’objectif de ce dossier est de proposer une trame – historique, politique, culturelle, sociale et économique – pour comprendre cet espace complexe.

 

28 - alguns aspectos da reformaAlguns aspectos da proposta de reforma curricular de Euclides Roxo: Mestrado em educação matemática.
Autor: Paula Corradi Rabello
Editora: Pontifícia universidade Católica de São Paulo

Este trabalho discorre sobre alguns aspectos do movimento de reforma do ensino da matemática no Brasil na primeira metade do século XX. Para tanto, selecionamos como documento de análise a obra “A Matemática na Educação Secundária”, de Euclides de Medeiros Guimarães Roxo, publicada em 1937.

 

29 - potencialidadePotencialidades e dificuldades no uso dos tablets como ferramenta didática: o estado da arte das pesquisas.
Autor: Rosa Aluotto de Oliveira
Editora: Pontifícia universidade Católica de São Paulo

A tecnologia invadiu nossas vidas de forma intensa e ubíqua. Os equipamentos móveis – smartphones e tablets – estão chegando às salas de aula, seja de maneira informal, trazidos pelos alunos, seja de forma institucional, com o aval dos diretores das escolas. No entanto, o fato é que, apesar de especialistas afirmarem que os equipamentos móveis têm potencial significativo para transformar a aprendizagem, pais e professores não estão convencidos disso. Assim, quando se trata de incorporar as novas tecnologias no processo de ensino, parece haver uma imensa barreira a ser ultrapassada.

 

 

30 - praticas pedagogicasPráticas pedagógicas de professores de histórias dos anos finais do ensino fundamental e saberes curriculares: Mestrado em educação: Currículo
Autor: Sílvia Helena A. B. Brandão
Editora: Pontifícia universidade Católica de São Paulo

A presente dissertação refere-se às práticas pedagógicas de professores de História dos anos finais do Ensino Fundamental, com destaque para a relação destes com os saberes curriculares. O estudo investigou o modo como esses professores, a partir de suas experiências práticas, produzem saberes e refletem sobre eles. Foram sujeitos participantes dessa pesquisa, professores de História que atuam em escolas da zona leste, sul e centro-sul da cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, e que pertencem à rede particular de ensino.

Charlie Hebdo na Biblioteca da Escola

FRANCE-ATTACKS-CHARLIE-HEBDO-MEDIA-FRONTPAGEQuando o assunto é polêmico e envolve discussão, o Bandeirantes aproveita a oportunidade para levar o debate para a sala de aula. É o que ocorre agora com o atentado do dia 7 de janeiro na França onde o diretor e chargista Charb, três desenhistas, Georgers Wolinski, Cabu e Tignous e mais 8 pessoas foram mortos na sede da revista satírica Charlie Hebdo em Paris. “Um ataque foi cometido contra um jornal, contra jornalistas que sempre quiseram mostrar que podiam agir para defender suas ideias” declarou o presidente francês, François Hollande.

No Bandeirantes valorizamos o conhecimento, o comportamento ético, o respeito ao pluralismo, inclusive o religioso, e a convivência pacífica entre pessoas de credos e culturas diferentes. E ensinamos que não há contradição entre o respeito aos direitos individuais e a convivência coletiva.

Por isso continuamos pregando tolerância, diálogo, a liberdade de expressão como norte de qualquer processo de ensino-aprendizagem. O pluralismo étnico está no DNA. Em nossas salas de aulas sempre conviveram pacificamente imigrantes, (ou seus descendentes) alemães, italianos, árabes, judeus, japoneses, entre outros. Aliás, nisso o Brasil é um exemplo para o mundo.

Fomos, somos e seremos contrários a toda e qualquer ação terrorista, seja qual for a sua natureza.

Para enriquecer os debates que professores e alunos têm feito sobre o episódio e porque os temas da liberdade de expressão e da diversidade religiosa relacionam-se, diretamente, com um valor universal, a democracia, o Bandeirantes adquiriu e disponibilizou na biblioteca do Colégio alguns exemplares do Charlie Hebdo.

Maomé

Maomé: a face oculta do criador do Islã.
Por Alexandre Versignassi

capa

Ele criou uma nação fundamentada em direitos trabalhistas, juros baixos e livre concorrência de mercado. Tinha uma esposa que ganhava mais do que ele e emancipou as mulheres quando assumiu o poder. Conheça a face realmente oculta do criador do islamismo.

Veja mais na Revista Superinteressante de fev./2015

Fonte: VERSIGNASSI, Alexandre. Maomé: a face oculta do criador do Islã. Super,  São Paulo, ano 28, n. 2, p. 22-32, fev. 2015.