Platão e a formação de seu pensamento

Fonte: Revista de Filosofia.

Platão passou a ter interesses pela filosofia por meio de Sócrates.

Por Ana Elizabeth Cavalcanti

Além de ter tido uma educação esmerada, Platão sofreu influências do ambiente em que viveu até a maturidade. Quando conheceu Sócrates, passou a apreciar a filosofia e, assim, absorveu o conhecimento de seu mestre, além de teorias de outros filósofos. Diversos estudos sobre a Filosofia Ocidental determinam que ela sofreu influências do pensamento Oriental. Estas ideias geralmente estão ligadas a muitas teorias elaboradas por Platão. Entretanto, existem poucas pesquisas aprofundadas sobre este tema.

O autor Manuel Garcia Morente em Fundamentos da Filosofia (Mestre Jou), considera que Platão também se inspirou nos pensadores gregos. Ele “soube buscar inspiração em todas as correntes do pensamento pré-socrático, selecionando e assimilando o que lhe parecia importante e de acordo com suas próprias ideias filosóficas. Depois dos pré-socráticos temos a influência fundamental de Sócrates. Finalmente poderemos acrescentar a provável contribuição de Aristóteles que, com seu discípulo genial, terá, sem dúvida despertado no mestre a atenção para determinados pontos doutrinários”.

Leia o artigo completo na Revista de Filosofia. Grandes temas do conhecimento, n.55.

Fonte: CAVALCANTI, Ana Elizabeth. Platão e a formação de seu pensamento. Revista de Filosofia, São Paulo, n.55, p. 44- 47, [2017]. Biografia.