Memórias de viagem

por Débora Zanelato

Os registros das férias podem ir além da fotografia. Exercitando nossos sentidos, os destinos se transforma em lembranças ainda mais valiosas

A americana Lauren Hom tomou uma decisão radical e decidiu experimentar um novo jeito de registrar sua viagem por 18 países. Criou o projeto No Photos, Please e se comprometeu a não fazer nenhuma selfie. Ela usou desenhos e a caligrafia para memorizar sua passagem por São Paulo, Bali, Kelara, Cusco entro outras cidades. Lauren aprendeu a observar com mais atenção cada lugar por onde passou, além de desenvolver melhor seu traço como ilustradora tipográfica.

Leia o artigo completo na Revista Viver Simples, 184. ed., jun. 2017.-

 

Ilustração de Lauren Hom

Ilustração de Lauren Hom

Ilha Incahuasi, em Uyni, Bolívia, ilustrada por  Thales Molina

Ilha Incahuasi, em Uyuni, Bolívia, ilustrada por
Thales Molina

Fonte: ZANELATO, Débora. Memórias de viagem. Vida Simples, São Paulo, 184. ed., p. 30-35, jun. 2017, Pensar.

Ruínas minúsculas

por Jeremy Berlin.

Feitas a mão por duas artistas, delicadamente, maquetes do caos projetam como seria uma cidade tempos depois do desaparecimento das pessoas. O objetivo de Lori Nix e Kathleen Gerber é criar e fotografar “narrativas abertas” modelos de uma metrópole pós-humana, posterior a uma catástrofe desconhecida”. Para liberar, envolver e provocar a imaginação dos espectadores.

Os cenários liliputianos variam de 50 centímetros a quase 3 metros de diâmetro. Eles são fabricados a partir de materiais comuns: papel e acrílico, papelão e argila, espuma e folhas de plástico com pequenas ferramentas. É um processo cuidadoso: cada cena leva de 7 a 15 meses para ficar pronta. Quando uma está finalmente concluída, Lori a fotografa com uma câmera de grande formato 8×10. Uma única imagem finalizada pode levar até três semanas para ser produzida.

Biblioteca, onde o musgo forra as paredes e bétulas sombreiam os livros.

Biblioteca, onde o musgo forra as paredes e bétulas sombreiam os livros.

Lavanderia em ruínas.

Lavanderia em ruínas.

Vagão de metrô em Nova York.

Vagão de metrô em Nova York.

Salão de beleza devastado.

Salão de beleza devastado.

Fonte: BERLIN, Jeremy. Ruínas minúsculas. National Geographic Brasil, São Paulo, ano 18, n. 206, p. 106-113, maio 2017.-

Indicações de leitura

01 - LafeodaliteLa Féodalité: de Charlemagne à la Guerre de Cent Ans.
Autor: Dominique Barthélemy
Editora: La Documentation Française
ISSN: 0419-5361

Dominique Barthélémy, professeur d’histoire médiévale à l’université Paris-Sorbonne, nous propose dans ce dossier une lecture du Moyen Âge qui s’articule autour de l’idée de féodalité, soit toutes les pratiques propres aux détenteurs de seigneuries.

Mais si la société féodale, prise au sens strict, désigne une classe dominante, elle n’en interagit pas moins avec le reste de la société, l’Église bien sûr, mais aussi les serfs. Le servage, en effet, peut être vu, depuis le XIXe siècle, comme ” une vassalité de rang inférieur”. Les apports de l’anthropologie poussent dans ce sens, qui ont permis de clarifier, entre autres, la question du statut servile, distinct de l’esclavage.

On trouvera donc dans ce dossier des rois, des chevaliers, des gens d’Église et des serfs; des chrétiens, des païens, des cathares et des musulmans; des invasions, des croisades et des révoltes de bourgeois; mais aussi des personnages hauts en couleur : Almodis de la Marche, femme du XIe siècle, Saladin, l’adversaire respecté, ou Vital, le serf qui refusait d’être serf…   

 

02 - Creating innovatorsCreating innovators
The making of yong people who will change the world
Antor: Tony Wagner
Editora: Scribner
ISBN 978-1-4516-1149-6
In this groundbreaking book, education expert Tony Wagner provides a powerful rationale for developing an innovation-driven economy. He explores what parents, teachers, and employers must do to develop the capacities of young people to become innovators. In profiling compelling young American innovators such as Kirk Phelps, product manager for Apple’s first iPhone, and Jodie Wu, who founded a company that builds bicycle-powered maize shellers in Tanzania, Wagner reveals how the adults in their lives nurtured their creativity and sparked their imaginations, while teaching them to learn from failures and persevere. Wagner identifies a pattern—a childhood of creative play leads to deep-seated interests, which in adolescence and adulthood blossom into a deeper purpose for career and life goals. Play, passion, and purpose: These are the forces that drive young innovators.

03 - Managing technologicalManaging technological change
Strategies for college and universtiy leaders
Autor: A. W. Tony Bates
Editora: Jossey-Bass Publishers
ISBN 0-7879-4681-8

Retrofitting a college or univertisty to become technologically competitive requires significant changes not only in hardware and software but in the basic management and operation of the academy. Managing technological change is a timely, pratical guide for campus leaders seeking strategies for creating the new, technologi-based academic organization.

04 - HudsonHudson Valley Voyage
Through the seasons, through the years
Autor: Reed Sparling
Editora: Involvement Media
ISBN 978-1-92937316-1

Hudson Valley Voyage offers a rich exploration of the Hudson River Valley’s awe-inspiring beauty and the last 400 years of its history.

From fishermen netting springtime shad to a frosty, pumpkin-filled field, Ted Spiegel’s unforgettable photographs capture the valley’s four-season splendor. These full-color images showcase the ways in which local residents and visitors alike enjoy all that the region has to offer—whether watching thoroughbreds race around Saratoga’s historic track, admiring tulips in an Albany garden, or ice skating at Manhattan’s famed Rockefeller Center.

05 - GuinnessGuinness World Records 2014
Editora: Guinness World Records
ISBN 978-85-220-1489-7

O Guinness de 2014 está repleto de notícias e opiniões do mundo dos jogos, juntamente com os recordes mais recentes do mundo.
   

 

06 - Casa de hadesA Casa de Hades
Os heróis do Olimpo. Livro 4
Autor: Rick Riordan
ISBN 978-85-8057-421-0

Em frente as portas da morte o ar escureceu e se solidificou … Tártaro abriu os braços. Por todo o vale milhares de monstros uivavam e rugiam, batendo suas armas, gritando em triunfo. As Portas da Morte estremeceram nas correntes.

Sintam-se honrados pequenos semideuses, disse o deus das profundezas, nem mesmo os olimpianos mereceram minha atenção. Mas vocês… vocês serão destruídos pelo próprio Tártaro

07 - Sombras vivasSombras vivas
Autora: Cornelia Funke; Lionel Wigram
Editora: Seguinte
ISBN 978-85-65765-19-0

Qual foi o maior tesouro que você já encontrou?

Mais uma vez no Mundo do Espelho, Jacob Reckless precisa se libertar de uma maldição que em poucos meses lhe custará a vida. Depois de tentar diferentes formas de magia, sua última opção é uma lendária balestra, capaz de dizimar exércitos, mas também de salvar aqueles que realmente precisam.

Para encontrar esse objeto extraordinário, ele terá de viajar por Álbion, Lorena e Austrásia, enfrentar criaturas terríveis e competir com Nerron, um ser perigosíssimo que está decidido a derrotá-lo a qualquer custo e a ser o primeiro a encontrar a balestra, para então ser tornar o caçador de tesouros mais talentoso de todos.

Jacob não tem tempo a perder. E se não fosse a presença de Fux, sua companheira de aventuras capaz de assumir tanto a forma humana quanto a figura de uma raposa, ele talvez não tivesse forças para encarar tantos obstáculos. Só assim, no limite entre a vida e a morte, ele conseguirá perceber que existem tesouros ainda mais preciosos que sua própria vida.
   

08 - SeparadosSeparados
Autora: Pauline Alphen
Editora; Seguinte
ISBN 978-85-65765-16-9
Crônicas de Salicanda. Livro 2

No aniversário de treze luadas dos gêmeos Jad e Claris, o castelo de Salicanda estava em chamas.  Um relâmpago invadiu a sala onde muitos garotos disputavam a final do torneio do Jogo Mil Caminhos e depois partiu-se em bolas de luz que atravessaram o espaço derrubando as pessoas.

Jad, que liderava o torneio, conseguiu escapar do incêndio junto com seu amigo Ugh. E Claris, que tinha saído de casa, retornou a tempo de presenciar a catástrofe, mas não de encontrar Jad.

Pela primeira vez separados naquele mundo quase medieval, sem tecnologia mas permeado de magia, no segundo volume da série Crônicas de Salicanda os gêmeos trilham caminhos diferentes, sem saber se um dia se reencontrarão. Enquanto Jad entra em contato com vibrações, cores e sons até então desconhecidos, Claris peregrina por cavernas e florestas e aprende uma nova forma de comunicação. Assim, cada um a seu modo, eles dão início ao aperfeiçoamento de seus talentos e se distanciam cada vez mais daquele tempo chamado infância.

Indicações de leitura

The secret life of the grown-up brain: the surprising talents of the middle-aged mind
Autora: Barbara Strauch
Editora: Penguins Books
ISBN 978-0-670-02071-3

For many years, scientists thought that the human brain simply decayed over time and its dying cells led to memory slips, fuzzy logic, negative thinking, and even depression. But new research from neuroscientists and psychologists suggests that, in fact, the brain reorganizes, improves in important functions, and even helps us adopt a more optimistic -outlook in middle age. We recognize patterns faster, make better judgments, and find unique solutions to problems. By detailing how a normal, healthy brain functions over times, science writer Barbara Strauch also explains how its optimal processes can be maintained.
Part scientific survey, part how-to guide, The secreted life of the grown-up brain, offers, a fascinating and comforting glimpase at how are getting better as we get older!

 

Geração Y: o nascimento de uma nova versão de líderes
Autor: Sidnei Oliveira
Editora: Integrare
ISBN 978-85-99362-51-8

A obra apresenta a chave para compreender e interagir com a geração Y, que possui como características marcantes a quebra dos paradigmas e das premissas estabelecidas, a busca da satisfação imediata e o acesso instantâneo e irrestrito a todo tipo de informação.

 

O que o Brasil quer ser quando crescer? E outros artigos sobre educação e desenvolvimento
Autor: Gustavo Ioschpe
Editora: Paralela
ISBN 978-85-65530-1-7

“Você sabe qual é o plano estratégico do Brasil? quais são as nossas metas, aonde queremos chegar? Que tipo de país queremos ser no futuro?”

Partindo de questões tão fundamentais quanto imperiosas, os artigos reunidos em “O que o Brasil quer ser quando crescer?” estabelecem um novo paradigma para a discussão sobre educação e desenvolvimento. Deixando de lado as discussões filosóficas e ideológicas que ainda dominam o debate nacional, Gustavo Ioschpe traça um vasto panorama sobre o sistema educacional brasileiro, sempre embasado no conhecimento formal e na literatura empírica sobre o tema.  Em artigos curtos e instigantes, “O que o Brasil Quer Ser Quando Crescer?” desmistifica uma série de “verdades”, como por que aumentar o salário dos professores ou o volume de investimento em educação não levará a uma melhora da qualidade do ensino no país. No lugar de ideias gastas, o leitor encontrará aqui discussões e soluções factíveis, amparadas na rigorosa pesquisa da área.

 

Nascidos na era digital.
Entendendo a primeira geração dos nativos digitais
Autores: John Palfrey, Urs Gasser
Editora: Artmed
ISBN 978-85-363-2483-8

A primeira geração dos nativos digitais – crianças que nasceram no mundo digital – agora são jovens adultos, e logo mundo será reestruturado de acordo com sua imagem.

Em Nascidos na era digital, os especialistas John Palfrey e Urs Gasser oferecem-nos um retrato sociológico destes jovens adultos, que parecem ser, até mesmo para a velha geração, extraordinariamente sofisticados e estranhamente limitados.

 

Brasília
Autor: Marcel Gautherot
Editora: Instituto Moreira Salles
ISBN 978-85-86707-51-3

Brasília reúne 153 imagens feitas pelo fotógrafo franco-brasileiro Marcel Gautherot entre os anos de 1958 e meados da década de 1960.  A publicação traz também um ensaio do arquiteto inglês Kenneth Frampton, professor da Columbia University, e um ensaio introdutório de Sergio Burgi, coordenador de fotografia do Instituto Moreira Salles.

 

Sertões adentro: viagens nas caatingas.
Séculos XVI a XIX
Organização: Lorelai Brilhante Kury
Editora: Andrea Jakobsson Estúdio
ISBN 978-85-88742-54-3

“É dos sertões e do conhecimento científico produzido sobre eles que trata este livro, Sertões adentro, organizado por Lorelai Kury. Temporalmente compreendido entre os séculos XVI e XIX e privilegiando os difusos limites sertanejos, nós, os seus leitores, somos apresentados a personagens que, de diferentes maneiras e referenciais, exerceram atividades que gradualmente puderam ser identificadas como atividades científicas sertões adentro. O esforço de pesquisa realizado pelos autores torna possível a associação entre textos bem elaborados e ilustrações riquíssimas sobre, e de, uma vasta produção temporal e espacialmente ampla.”

José Carlos Barreto de Santana

Indicações de leitura

Revista Brasileira de Psicodrama – v.20, n.1, 2012
Editora: Federação Brasileira de Psciodrama
ISSN  01045393

Missão:
“A Revista Brasileira de Psicodrama é uma publicação científica da Federação Brasileira de Psicodrama – Febrap, editada pela Diretoria de Divulgação com o objetivo de divulgar trabalhos sobre a Teoria Socionômica de Jacob Levy Moreno, em suas disciplinas de Sociodinâmica, Sociometria, Sociatria, sendo esta última composta pelas matérias: Psicoterapia de Grupo, Sociodrama e Psicodrama. E também se propõe a cuidar de temas de ciências correlatas, de interesse da comunidade psicodramática”.

 A idade média: passo a passo
Autor: Vincent Carpertier
Editora: Companhia das Letras
ISBN 978-85-359-

Quantos anos durou a Idade Média? Como era a vida em uma cidade da época? Qual era a importância da religião? De que maneira se transmitia a peste negra?

Muitos se referiam à Idade Média como um tempo  de trevas. Mas, se esse período de mil anos entre a Antiguidade e o Renascimento tem seu lado tenebroso – com muita guerra, pestes e ignorância -, há outro, da cultura, que é repleto de riqueza. Este livro nos permite descobrir a vida cotidiana dos homens e das mulheres daquela época e penetrar em suas aldeias, cidades e mercados, onde monges, senhores e camponeses desenvolvem o ensino, inventam ferramentas agrícolas, constroem catedrais e castelos, traçam rotas e se deslocam pela Europa e pelo Oriente.

Cinco séculos de poesia: antologia da poesia clássica brasileira
Organizador: Frederico Barbosa
Editora: Aquariana
ISBN 978-85-7217-11-4

Cinco séculos de poesia é uma seleção que combina, didaticamente, na escolha de autores e poemas uma percuciente leitura sincrônica e um sentido diacrônico de relevância contextual e histórico-literária. Um precioso trabalho de amostragem de textos. 

 

A princesa que enganou a morte e outros contos indianos
Autor: Sonia Salermo Forjaz
Editora: Aquariana
Coleção Contos Mágicos
ISBN 978-85-7217-119-9

Nesta seleção de narrativas indianas, verdadeiros contos de fada são recontados, transmitindo parte da riqueza cultural do Oriente. Contos de caráter épico, alegórico ou folclórico revelam fortes semelhanças com tramas e personagens que conhecemos no Ocidente. Eles foram e são berço de inspiração que muito nos ensinam sobre a natureza humana.

Amérique Latina: les défis de L’émergence
Autores: Marie-France Prévôt-Schapira e Sébastien Velut
Editora: La Documentation Française
ISSN 0419-5361

 Dans ce dossier, Marie-France Prévôt-Schapira et Sébastien Velut présentent de façon nuancée l’émergence de l’Amérique latine sur la scène mondiale. Croisant approches thématiques et territorialisées, l’analyse s’effectue à la fois à l’échelle de l’Amérique latine et à celle des pays qui la composent.

Dans le domaine géopolitique, les relations avec l’Amérique du Nord pèsent lourd même si d’autres facteurs, tels les investissements chinois et l’emprise des cartels sur les économies, expliquent l’insertion des pays latino-américains sur la scène mondiale. Des caractéristiques internes influencent également la façon d’intégrer (ou pas) des flux mondialisés : les migrations bien sûr, mais aussi les modèles de développement privilégiés. Enfin, les métropoles sont au centre de toute réflexion sur les perspectives d’évolution de la mosaïque latino-américaine.

A linguagem dos animais: contos e crônicas sobre bichos
Editora: Boa Companhia
ISBN 978-85-65771-03-0

Um rouxinol sentimental com alma de poeta, um canário com ares de filósofo, um lobo que rompe com uma antiga tradição familiar… Os personagens dos dezesseis textos desta antologia nos mostram o quanto os animais estão presentes em nossa imaginação – e sobretudo como eles têm muito a nos ensinar. Criados por autores clássicos, modernos e contemporâneos, eles nos falam sobre a liberdade, o amor, o humor e a fantasia, alguns dos principais ingredientes que compõem a grande literatura mundial.

Verso Livre: poemas
Editora: Boa Companhia
ISBN 978-85-65771-04-7

 Um elenco de primeira – que atesta a vitalidade da tradição lírica brasileira – foi reunido para esta antologia de poesia verde-amarela dos séculos XX e XXI. São cinco autores – Carlos Drummond de Andrade, Vinicius de Moraes, José Paulo Paes, Francisco Alvim e Eucanaã Ferraz -, que demonstram, cada um a sua maneira mas sempre com inteligência aguda e percepção emocional poderosa, por que a poesia está entre nossas artes mais destacadas. O amor, a cidade, o cotidiano e o próprio fazer poético ocupam as páginas desta antologia. Temas que, graças aos poetas reunidos neste volume, nos ajudam – com delicadeza e força, sabedoria e alegria – a entender o Brasil. E a decifrar um pouco mais a nossa alma.

Borboleta da alma: escritos sobre ciência e saúde
Autor: Drauzio Varella
Editora: Companhia das Letras
ISBN 85-359-0915-X

Borboletas da alma é uma apurada seleção de crônicas e ensaios que transcendem a medicina e lançam um olhar curioso sobre temas presentes no cotidiano. São escritos interdisciplinares, com toques ora poéticos, ora reflexivos, e sempre informativos. Aliando precisão documental e clareza, é um livro para ser lido, guardado e consultado.

Educação sexual: retomando uma proposta, um desafio
Autora: Mary Neide Damico Figueiró
Editora: Universidade Estadual de Londrina
ISBN 978-85-7216-576-1

Esta obra conduz o leitor à autocompreensão sobre o processo pelo qual cada um de nós constrói sua visão (positiva ou negativa) sobre a sexualidade, identificando, desta forma, os fatores religiosos, familiares, escolares e do setor médico, que influenciaram e ainda influenciam na maneira como cada um vive a sua sexualidade. 

Educação sexual: em busca de mudanças
Autora: Mary Neide Damico Figueiró
Editora: Universidade Estadual de Londrina
ISBN 978-85-98196-97-8

Os conteúdos escolares necessitam estar ligados à vida dos alunos, a o seu cotidiano, às suas relações sociais e afetivo-sexuais, para que a escola tenha mais sentido. Os textos desta obra coadunam com a educação sexual emancipatória, voltada para mudanças, no sentido de construirmos relações interpessoais mais respeitosas, primando pela saúde e felicidade, superando os estigmas e os preconceitos de toda ordem e criando juntos um mundo de respeito a todo tipo de diversidade.

Educação sexual: múltiplos temas, compromisso comum
Autora: Mary Neide Damico Figueiró
Editora: Universidade Estadual de Londrina
ISBN 978-85-98196-96-1

O mundo atual exige posicionamento dos(as) educadores(as) diante de muitas questões relacionadas à sexualidade e, por isso, precisam ter um olhar abrangente, atualizando-se nas várias temáticas, considerando que todas estão ligadas ao seguinte compromisso comum: a formação de pessoas críticas e capazes de pensar com autonomia, afim de fazer escolhas e tomar decisões com liberdade e responsabilidade.  

A história da Embraer=The history of Embraer
Autor: Jeffrey L. Rodengen
Editora: Write Stuff Enterprise
ISBN-13 978-1-932022-40-7

Dos primeiros triunfos do aviador pioneiro Alberto Santos-Dumont, aos novíssimos e revolucionários jatos executivos Phenom 100 e Phenom 300, o Brasil sempre  esteve na vanguarda da tecnologia aeroespacial. Em 1969, o governo brasileiro criou  a Embraer, garantindo compromisso de longo prazo do país no campo de aviação. Reconhecida por aviões inovadores e dedicação  ao cliente, a Embraer tornou-se líder no mercado de aviação regional,  com modelos de sucesso que vão desde as famílias ERJ 145 e EMBRAER 170/190, até o crescente portfólio de  aviões executivos. Após a sua privatização, em 1994, a Embraer experimentou trajetória de acentuado crescimento, desfrutando de posição de destaque na aviação comercial, ingressando agressivamente no sofisticado mercado de aviação executiva. 

O motoqueiro que virou bicho
Autor: Ricardo Azevedo
Editora: Moderna
Coleção Veredas
ISBN 978-85-16078-16-4

“Sei que vai ter gente me chamando de mentiroso. Entretanto, posso jurar, o que vou contar aconteceu de verdade, não é ficção , não é nenhuma história inventada por mim. Aconteceu no duro, na minha carne, na minha cabeça, nas minhas entranhas. Queria ver você, leitor, na minha pele. Queria ver você acorrentado, tomando porrada, sentindo medo. Medo, por exemplo, de ser castrado. Medo, por exemplo, de simplesmente  sumir, perder a própria identidade, virar uma espécie de fantasma que ninguém enxerga”.
Ricardom Azevedo  

Divergente
Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco
ISBN 978-85-7980-131-0

Nesta versão futurista da cidade de Chicago,a sociedade se divide em cinco facções dedicadas ao cultivo de uma virtude a Abnegação,a Amizade,a Audácia,a Franqueza e a Erudição.Aos dezesseis anos,numa grande cerimônia de iniciação,os jovens são submetidos a um teste de aptidão e devem escolher a que grupo querem se unir pra passar o resto de suas vidas.Para Beatrice, a difícil decisão é entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é-não pode ter os dois.Então,faz uma escolha que surpreende a todos,inclusive a ela mesma.  

A Odisseia de Homero adaptada para jovens
Autor: Homero; Frederico Lourenço
Editora: Claro Enigma
ISBN 978-85-8166-015-8

Para o grande herói da guerra de Troia, a aventura estava apenas começando. Depois de combater em sangrentas batalhas e de arquitetar o golpe final que daria a vitória ao povo grego, Ulisses precisa apenas regressar à sua terra natal. Mas não vai ser nada fácil, e ele só chegará a Ítaca após dez longos anos. Perseguido pelo poderoso Posêidon, o deus dos mares, ele enfrenta inimigos ainda mais perigosos que os resistentes troianos: mata o ciclope Polifemo, sobrevive ao ameaçadores canibais, resiste ao encanto das sereias, escapa do cativeiro de Calipso. Nesta adaptação em prosa pensada especialmente para o público jovem, Frederico Lourenço narra essas e outras peripécias do célebre guerreiro atentando para a fluência narrativa do texto. Assim, respeitando a obra-prima de Homero, esta Odisseia traz nova vida à Antiguidade Clássica e à viagem mais famosa de todos os tempos. 

São Paulo
Autor: Andrea Matarazzo
Editora: Cosac Naify
ISBN: 8540502348

São Paulo reflete o sentimento do autor pela capital, com fotos de diversos pontos interessantes da cidade, alguns mais, outros menos conhecidos; como a Represa de Guarapiranga, Paraisópolis, a avenida Nove de Julho, o Mercado Municipal e a primeira capela de São Paulo, de São Miguel de Arcanjo.   

Resgate histórico: divisão territorial do Estado de São Paulo. Governantes: município de São Paulo, Província e Estado de São Paulo, República Federativa do Brasil
Autor: Armando Marcondes Machado Jr.
Editora: Conam

Resgate histórico traz a história do surgimento dos 645 municípios paulistas, a origem e o significado de seus nomes, quais municípios foram extintos ou recriados, o número de habitantes, mapa com a localização das cidades por região, entre outras curiosidades.
A obra traz também, em ordem cronológica e com fotos, praticamente todos os governantes municipais e do Estado (titular e vice), com informações sobre período de mandato, data de nascimento e de morte, formação acadêmica e honrarias recebidas. 

O ateliê de Oswaldo Goeldi: experiências gravadas
Editora: Museu de Arte Moderna de São Paulo

Exposição realizada de 14 de junho a 19 de agosto de 2012, com curadoria de Lani Goeldi, sobrinha-neta do artista.

O ateliê de Goeldi propõe a integração entre a fruição e a pratica artística num ambiente dinâmico e vivo. Goeldi, em suas palavras, procurava expressar aquilo que o “assaltava”. Seus temas extremamente cotidianos, retratados de forma enigmática, levam à reflexão. Sua intensa produção de imagens nos traz, segundo o poeta Carlos Drummond de Andrade, “a irrealidade do real”. 

Oswaldo Goeldi: sombria luz=shady light
Editora: Museu de Arte Moderna de São Paulo

Oswaldo Goeldi: sombria luz, com curadoria de Paulo Venâncio Filho, traz a maior retrospectiva do artista carioca, com cerca de 200 obras que vão dos anos 1920 até sua morte, em 1961.

Sombriamente iluminado é o mundo de Oswaldo Goeldi. É o mundo brasileiro, o éden tropical, entrevisto pelo avesso invertido, iluminado pelo subterrâneo. É um mundo singularmente desabitado. Não existem massas nesse mundo. Só figuras isoladas e silenciosas. Há uma aparente incongruência entre o mundo das massas moderno e o mundo goeldiano. Um mundo esvaziado e, portanto, assustador. Nele não nos identificamos nem nos reconhecemos. A cidade inacabada e vazia é o mundo interior de Goeldi. Um mundo desrealizado que põe à mostra uma realidade ainda vigente, subterrânea e ameaçadora; homem e ambiente fora do prumo, hostis. 

Grupo de Estudos de Curadoria: exposições organizadas em 1998 a 1999
Editora: Museu de Arte Moderna de São Paulo

O Museu de Arte Moderna de São Paulo tem atuado de maneira inovadora desde e a sua criação, em 1948, e principalmente na última década. O Grupo de Estudos de Curadoria, lançada em 1997 por Tadeu Chiarelli, pôs em pauta questões de fundamental importância para as artes plásticas. Estas puderam ser partilhadas com o público por meio dos dois catálogos, de 1998 a 1999, gerados a partir das realizações do Grupo. 

Dez anos, do núcleo contemporâneo
Editora: Museu de Arte Moderna de São Paulo

O conjunto de obras adquiridas pelo Núcleo Contemporâneo na última década evidenciou a linha experimental na formação recente da coleção do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Ao trabalhar sempre em sintonia com a curadoria do MAM, tanto no planejamento das visitas realizadas como na política de aquisições, o Núcleo definiu sua vocação de engajamento na produção contemporânea, pois seus membros acompanham o trabalho de desenvolvimento das mostras do museu do ponto de vista da própria equipe da instituição. 

Paralelos: arte brasileira da segunda metade do século XX em contexto. Collección Cisneros
Editora: Museu de Arte Moderna de São Paulo

Exposição realizada de 23 de março a 16 de junho de 2002.

Paralelos é uma seleção de obras provenientes da Collección Cisneros, em Caracas, centro do programa de artes visuais da Fundación Cisneros, organização filantrópica com sede na Venezuela dedicada ao futuro da América Latina. Apesar de consistir amplamente de arte moderna e contemporânea, com ênfase nesse continente, a Collección também inclui exemplares de arte latino-americana colonial, artes decorativas internacionais e uma seleção de paisagens latino-americanas do século XVII ate o início do século XX. 

dOCUMENTA (13). The Book of Books: catalog 1/3
Editora: Hatje Cantz
ISBN 978-3-7757-2951-2 (English)

This volume is the book of all books: the catalog brings together essays, artists’ projects, and a garland of dOCUMENTA (13)’s core themes. It reproduces the publication series 100 Notes – 100 Thoughts as facsimiles or in new layouts, and contains contributions by Artistic Director Carolyn Christov-Bakargiev and Chus Martínez, Head of Department and Member of Core Agent Group.

Indicações de leitura

Antologia poética
Autor: Carlos Drummond de Andrade
Editora: Companhia das Letras
ISBN 978-85-359-2119-9

Com poemas selecionados e arranjados com inaudita perspicácia pelo próprio autor há 50 anos esta Antologia poética é ainda hoje a melhor e mais eloquente introdução panorâmica à obra de Carlos Drummond de Andrade. Dividido em nove seções, que dão conta com maestria do vasto escopo dessa lírica fundamental, este volume traz diversos clássicos drummondianos e outros poemas que lidos em conjunto, poderão ganhar uma nova luz.
   

O ponto onde estamos: viagens e viajantes na história da expansão e da conquista (Portugal, séculos XV e XVI)
Autor: Paulo Miceli
Editora: Unicamp
ISBN 978-85-268-0786-0

 A história das viagens dos descobrimentos é um daqueles temas em que convivem abundância e míngua; a primeira, representada por incontáveis trabalhos dedicados ao restabelecimento da composição precisa das armadas, ao traçado das rotas ou aos conhecimentos técnicos aplicados pelos navegadores; a escassez, como a multiplicidade de aspectos pouco ou nada explorados pelos investigadores, principalmente os referentes à viagem propriamente dita, ou à vida cotidiana a bordo dos navios.  

O desenho do Brasil no teatro do mundo
Autor: Paulo Miceli
Editora: Unicamp
ISBN 978-85-268-1000-6

Este livro apresenta ao leitor uma trajetória da representação cartográfica da Terra, com ênfase na cosmografia e nas artes e técnicas da navegação, desde o final da Idade Média, analisando a herança de Ptolomeu e seus desdobramentos e variações no trabalho dos cartógrafos renascentistas, bem como as principais espécies de mapas desenhados a partir do século XV: cartas-portulano representados sobre pergaminho; mapas manuscritos, nos quais foram registradas as primeiras viagens da expansão europeia; e cartas xilogravadas que chegaram às grandes casas impressoras dos Países Baixos, especialmente a Holanda, nos quais se constituíram importantes e influentes escolas cartográficas. 

Zoom. Design italiano e a fotografia de Aldo e Marirosa Ballo. Uma exposição da Vitra Design Museum, Weil am Rhein, 2011.
Editora:   Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado

“Com mais de 300 fotografias do Arquivo Ballo, objetos marcantes de coleções internacionais, publicações originais, clipes e cenários de interiores, a mostra Zoom. Design italiano e a fotografia de Aldo e Marirosa Ballo mostra a importância que o trabalho dos Ballo exerceu na formação da imagem que temos do design italiano. Ela possibilita descobertas sobre ícones da história do design, mas também sobre suas relações com a mídia de massa moderna, o que confere a este projeto uma alta relevância contemporânea.”

Mateo Kries

Movimentos e movimentos
Coleção de fotorgrafias do Museu de Arte Brasileira MAB-FAAP
Curodoria de Rubens Fernandes Junior
Editora:  Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado
ISBN 978-85-988864-48-8

Movimentos e movimentos  reúne 170 fotos, que  trazem diferentes momentos históricos e movimentos da fotografia divida em cinco espaços: “Moda, Comportamento e Estilo”; “O Corpo e suas Formas”; “O Retrato: atitudes e atuações diante do aparelho”; “Experimentações e Sonhos”; e “Fotomontagem”.  A mostra é dedicada à fotografia moderna e contemporânea brasileira e mundial e aponta alguns dos seus principais expoentes.  

Moda no Brasil: criadores contemporâneos e memórias
Editora:  Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado
Coordenação curatorial José Luis Hernández Alfonso; Curadoria e textos Denise Pollini
ISBN 978-85-98864-55-6

Vestir-se é um ato que realizamos diariamente e que nos demanda, conscientemente ou não, uma ação seletiva da roupa que vamos usar. Mas pouquíssimos de nós somos cientes dos múltiplos e complexos caminhos que percorreram o vestido ou a camisa que escolhemos. Quem desenha e confecciona nossa vestimenta? Quem determina a tendência de estilo, as combinações, os tecidos do momento, enfim, a sempre atuante e perseguida moda? Um pouco de todas essas informações ocultas no percurso da moda está presente na exposição Moda no Brasil.

Indicações de leitura

Artistas e arteiros
Editora: Sistema Estadual de Museus de São Paulo

A exposição Artistas e Arteiros, proposta pelo Instituto do Imaginário do Povo Brasileiro, resgata e difunde a cultura brasileira, por meio de obras lúdicas e brinquedos fabricados por vários artesões das mais diversas regiões do país. A mostra é um trabalho de inegável importância para o resgate da arte popular e valorização do patrimônio cultural brasileiro.

Cecília Machado

José Bezerra: esculturas
Editora: Serviço Social do Comércio

O escultor José Bezerra é filho dessa herança nordestina, espécie de tronco pelo qual circula uma seiva agreste que vê nas formas da natureza um meio de expressão. Sua obra respeita o vínculo entre a intervenção humana e a madeira bruta, ao tangenciar a proximidade entre o orgânico e a recriação pelo olhar do artista. Surge desse cenário o trabalho que carrega em si a força de um demiurgo, no sentido grego do termo: aquele capaz de modelar no gesto as coisas ao se redor.

Danilo Santos de Miranda

Why nations fail
The origins of power, prosperity, and poverty
Autores: Daron Acemoglu, James a. Robinson
Editora: Crown Business
ISBN 978-0-307-71921-8

Brilliant and engagingly written, Why Nations Fail answers the question that has stumped the experts for centuries: Why are some nations rich and others poor, divided by wealth and poverty, health and sickness, food and famine?

Is it culture, the weather, geography? Perhaps ignorance of what the right policies are?

Simply, no. None of these factors is either definitive or destiny. Otherwise, how to explain why Botswana has become one of the fastest growing countries in the world, while other African nations, such as Zimbabwe, the Congo, and Sierra Leone, are mired in poverty and violence?

Getúlio Damado: esculturas
Editora: Sistema Estadual de Museus de São Paulo

Getúlio Damado, artista carioca, há 22 anos, começou a transformar sucata em arte, entre a produção artística do escultor estão bonecos que foram usados como sinaleiros, o bonde do bairro todo de madeira reciclada, e outras engenhocas que fazem parte do circuito de arte popular em Santa Teresa, Rio de Janeiro.

A carne e o sangue
A imperatriz D. Leopoldina, D. Pedro I, e Domitila, a marquesa de Santos.
Autora: Mary del Priore
Editora: Rocco
ISBN 978-85-325-2752-3

Em A carne e sangue, Mary de Priore revela detalhes íntimos do triângulo amoroso formado pelo imperador D. Pedro I, a imperatriz D. Leopoldina e Domitila, a marquesa de Santos. Uma leitura envolvente em que erotismo e ciúme, apelidos e intrigas, a linhagem e o prazer caminham lado a lado com a história do Brasil.

O herói perdido – 1
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
ISBN 978-85-8057-008-3
Série Os heróis do Olimpo

Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam duro para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia. Uma mensagem que pode se referir a qualquer um deles:

“Sete meios-sangues responderão ao chamado. Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado. Um juramento a manter com um alento final, E inimigos com armas às Portas da Morte afinal.”

Os campistas seguirão firmes na inevitável jornada, mas, para sobreviver, precisarão contar com a ajuda de alguns heróis, digamos, um pouco mais experientes — semideuses dos quais todos já ouvimos falar… e muito.

O filho de Netuno – 2
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Série Os heróis do Olimpo
ISBN 978-85-8057-180-6

A vida de Percy Jackson é assim mesmo: uma grande bagunça de deuses e monstros que, na maioria das vezes, acaba em problemas. Filho de Poseidon, o deus do mar, um belo dia Percy desperta sem memória e acaba em um acampamento de heróis que não reconhece. Agarrado à lembrança de uma garota, só tem uma certeza: os dias de jornadas e batalhas não terminaram. Percy e seus novos colegas semideuses vão enfrentar os misteriosos desígnios da Profecia dos Sete. Se falharem, as consequências, é claro, serão desastrosas.

Paixão – 3
Autora: Lauren Kate
Editora: Galera Record
ISBN 978-85-01-08964-9
Série Fallen
ISBN 978-85-01-08964-9

Ele não estava sozinho – estava com Luschka. Consolando-a, afagando-lhe a face e beijando-lhe as lágrimas para que não chorasse mais. Seus braços estavam em torno dos corpos um do outro, as cabeças inclinadas para frente em um beijo infinito. Estavam tão perdidos naquele abraço que pareceram não sentir a rua ondular e estremecer por causa de mais uma explosão. Não havia espaço entre seus corpos. A penumbra era intensa demais para ver onde um começava e o outro terminava.
— Achei que nunca mais a encontraria — Luce ouviu seu eu passado dizer.
— Sempre nos encontraremos — respondeu Daniel, erguendo-a do chão e abraçando-a, trazendo-a ainda mais para perto. — Sempre”

Scarpetta
Autor: Patricia Cornwell
Editora: Paralela
ISBN 978-85-65530-01-9

Uma anã chamada Terri Bridges é estrangulada em seu apartamento em Manhattan e a polícia, após descobrir duas outras vítimas que morreram em circunstâncias parecidas, acredita estar lidando com um assassino em série. Oscar Bane, o namorado de Terri é o principal suspeito, mas para cooperar ele faz uma exigência: ser examinado pela famosa médica-legista Kay Scarpetta. Após decidir se envolver no caso, Scarpetta deixa temporariamente seu laboratório de patologia forense e, quando finalmente chega a Nova York, Bane conta uma das histórias mais bizarras que ela já ouviu. Para piorar as coisas, detalhes da vida pessoal de Scarpetta vão parar na internet, graças a um site de fofocas escrito por uma colunista perverso e misterioso. Scarpetta e sua velha equipe vão ter que deixar as mágoas para trás e decifrar dois enigmas: quem é o assassino de Terri Bridges e como um colunista virtual pode saber tanto sobre suas vidas.

A morde da Luz
Autor: George R. R. Martin
Editora: Leya
ISBN 978-85-8044-492-6

Uma jóia-sussurrante o leva a Worlorn e a um amor que julgava perdido. Mas não é o mundo que Dirk t’Larien imaginava, e Gwen Delvano não é mais a mulher que conhecera. Ela está ligada a outro homem e a um planeta moribundo preso no crepúsculo, seguindo em direção à noite sem fim. Em meio à essa paisagem desoladora, há um violento choque de culturas, no qual não há códigos ou honra – e caçador e caça trocam de lugar a todo momento. Presa em um perigoso triângulo, Gwen precisa de proteção de Dirk, e ele fará tudo para mantê-la a salvo, mesmo que isso signifique desafiar o homem bárbaro que a reivindicara e seu astuto companheiro. Mas um véu impenetrável de segredos cerca todos eles e fica impossível para Dirk distinguir aliados de inimigos. Enquanto eles lutam para permanecerem vivos, um espera pela fuga, um por vingança e outro por uma brutal morte prematura.

A escolha
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
ISBN 978-85-63219-29-9
A Escolha conta a história de duas pessoas bem diferentes: Gabby, uma mulher da Carolina do Norte (EUA), que sempre obedeceu aos pais, comportou-se bem e nunca arranjou muito tempo para si, e Travis, o veterinário da cidade, que adora viver nos extremos, com seus esportes radicais. Acontece que Gabby e Travis têm algo em comum: são vizinhos e amam cachorros. Ele tem um boxer gigante e ela, uma border collier. E, graças aos cães, os vizinhos se conhecem.
No entanto, apesar de suas tentativas, Travis não consegue agradar a linda ruiva Gabby, que, definitivamente, parece não gostar dele. Até o dia em que resolvem tentar de novo e se conhecer começando pelo ‘oi’. A partir daí, a relação entre dos dois muda completamente…

Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz refletir sobre a questão mais difícil de todas: até onde você iria para manter o amor da sua vida

Sua Alteza Real
Autora: Danielle Steel
Editora: Record
ISBN 978-85-01-09634-0

A princesa Christianna está cansada dos rotineiros cerimoniais e dos eventos que parecem ditar sua vida. Quando viaja para a Rússia, contra a vontade do pai, para auxiliar a Cruz Vermelha após um atentado terrorista, a filha caçula do príncipe de Liechtenstein percebe que sua vocação é ajudar os outros e decide ser voluntária por um ano em um acampamento na África Ocidental. Lá, se apaixona pelo povo da Eritreia e por Parker Williams, um jovem médico de Harvard. Porém, incidentes violentos irrompem e ela precisa lutar por sua independência e seu amor.

O último trem de Hiroshima: os sobreviventes olham para trás
Autor: Charles Pellegrino
Editora: Leya
ISBN 978-85-62936-24-1

Trinta pessoas foram conhecidas por terem saído de Hiroshima rumo a Nagasaki e chegarem à cidade justamente no momento em que a segunda bomba foi detonada. Uma delas, Tsutomu Yamaguchi, é a única pessoa que experimentou os efeitos do cataclismo no ground zero duas vezes. Na segunda vez, os efeitos da explosão foram desviados em torno do vão das escadas em que Yamaguchi estava, salvando-o juntamente com outras pessoa próximas, enquanto tudo em volta desaparecia.

Diário de uma garota nada popular
Autora: Rachel Renée Russell
Editora: Verus
ISBN 978-85-7686-103-4

Nova escola.
Nova garota malvada.
Nova Paixão.
Novo diário para que Nikki possa contar tudinho…

 

Diário de um banana: as memórias de Greg Heffley
Autor: Jeff Kinney
Editora: Vergara & Riba
ISBN 978-85-7683-130-3

Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos que são mais altos, mais malvados e já se barbeiam.

Em Diário de um banana, o autor e ilustrador Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável. Como Greg diz em seu diário..

Meia-noite
Autor: Lisa J. Smith
Editora: Record
Série Diários do Vampiro – O retorno III
ISBN 978-85-01-09137-6

Elena mal pode acreditar que conseguiu resgatar Stefan da terrível prisão em que ele se encontrava, desesperado e à beira da loucura. Mas esse resgate teve um custo muito alto. De volta à Fell’s Church, Stefan está tão enfraquecido que até mesmo o poderoso sangue da amada parece incapaz de devolver suas forças, e Damon é alvo de uma magia muito poderosa, quase inimaginável, que o transforma no ser que ele mais abomina: um humano.

Cidades criativas: da teoria à prática
Autora: Ana Carla Fonseca Reis
Editora: SESI-SP
ISBN 978-85-65025-50-8

A cidade é um espaço de encontros e convivências. Convivência entre o espírito do tempo (o Zeitgeist alemão) – o ambiente social, cultural e econômico que reflete uma determinada época – e o espírito do lugar (o genius loci latino) – o conjunto de singularidades que faz com que as cidades transpirem essências, ritmos e ambientes distintos.

São essas coordenadas de tempo e espaço que nos permitem localizar um cidade. Nada mais natural, portanto, que sejam nosso ponto de partida para traçarmos uma rota entre a cidade que temos e a cidade que desejamos. A nosso favor está nada menos do que o poder da criatividade, indústrias criativas, economia criativa, classe criativa, empreendedorismo criativo, turismo criativo… Nunca se falou tanto de criatividade e talvez nunca a cidade tenha sido tão discutida por quem não só trabalha com ela, mas nela vive. É desse casamento promissor que surge o termo “cidades criativas”.

Nação empreendedora: o milagre econômico de Israel e o que ele nos ensina
Autores: Dan Senor e Saul Singer
Editora: Évora
ISBN 978-85-63993-17-5

Como um país em que 95% do solo é árido se transforma em um milagre “econômico”? A diferença não está na economia – mostram os autores – mas na maneira israelense de ser e de agir: trata-se de um povo tenaz, resiliente, que sabe questionar a autoridade, valorizar o trabalho em equipe e assumir riscos.
Entre as riquezas que este livro desvenda estão o pensamento crítico e independente e a visão macro que os israelenses têm de sua economia, dos negócios e da sociedade.

Tais características moldam a vida em Israel e impulsionam a busca pela excelência em todas as áreas de sua economia. O engenho deste pequeno país oferece enormes benesses para a humanidade. O Brasil tem muito a aprender com ele.

Alberto Milkewitz

Sobrevivi… posso contar
Autora: Maria da Penha
Editora: Armazém da Cultura
ISBN 978-85-63171-03-0

“Acordei de repente com um forte estampido dentro do quarto. Abri os olhos. Não vi ninguém. Tentei me mexer. Não consegui. Imediatamente fechei os olhos e um só pensamento me ocorreu: ‘Meu Deus, o Marco me matou com um tiro’. Um gosto estranho de metal se fez sentir forte na minha boca, enquanto um borbulhamento nas costas me deixou mais assustada. Isso me fez permanecer com os olhos fechados, fingindo-me de morta, pois temia que Marco me desse um segundo tio.”
Maria da Penha.

Símbolos Nacionais: utilização e significados
Autor: Luiz Gonzaga Bertelli
Editora: Centro de Informação Emrpesa-Escola

Uma pátria de verdade se constrói com valores, com ética e com cidadãos. Permeando tudo isso estão a cultura, os objetivos e as ações da nação. Mas um país precisa de símbolos que o tornem tangível, que possam representá-lo em cerimônias e que lhe permitam ser reverenciado em eventos.

Direito à educação: interpretação jurisprudencial
Editora: Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Cível e de Tutela Coletiva do Ministério Público do Estado de São Paulo

Direito à educação: interpretação jurisprudencial é o resultado de uma pesquisa ampla, abrangendo todos os tribunais do País, mas que não tem a pretensão de esgotar a matéria, diante da diversidade e amplitude dos problemas. Buscou-se apresentar os julgados, obedecendo-se ao que estabelece a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, especificando cada modalidade de ensino: o infantil (creche e pré-escola), o fundamental e o médico, a educação profissional, técnica, educação de jovens e adultos, educação especial e inclusiva, educação superior, financiamento da educação (FUNDEB). Também como forma de ampliar a pesquisa, abordou-se outros temas mais específicos como a questão das escolas particulares, evasão escolar, bullying, gestão da escola, qualidade da educação, implementação de políticas da educação pelo Judiciário, reformas de prédio escolar e reequipamento da escola pública. Como anexo, são apresentados algumas leis especificas a respeito de temas como carteira de estudante, venda de bebida alcoólica, uniforme escolar, bibliotecas, obrigatoriedade de frequência escolar aos jogadores de futebol menores de 18 anos.

Livro do Ano 2011: um panorama do Brasil e do mundo
Editora: Barsa Planeta
ISBN 978-85-7518-457-8

Uma análise dos principais eventos de 2010, nos vários setores do conhecimento: política, economia, sociedade, esportes, cultura, meio ambiente, ciência e tecnologia, no Brasil e no mundo.

 

The University of Cambridge: an 800th Anniversary Portrait
Editora: University of Cambridge : Third Millennium Publishing Limited
ISBN 978-1-903942-65-9

In 1209 a breakaway group of scholars reached an isolated market town on the edge the East Anglia fens. The university they established grew to take a central place in intellectual life, and produced discoveries that have changed the world. Today Cambridge has 31 colleges, an undergraduate population of 12,000 and an international reputation for research. The University of Cambridge: as 800ht anniversary portrait is an anthology of many voices, reflecting the history and academic achievements of a remarkable community. Woven throughout are the first hand recollections of men and women who have passed through as undergraduates and research students. Their testimony, sometimes witty, often poignant, catches the mood of different eras and helps to convey the character of Cambridge.

Cotidiano – 11: uma vida de brasileiros
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-73-3

Na Belle Époque, os habitantes das principais cidades brasileiras experimentavam um cotidiano cosmopolita e europeizado. Cotidiano apresenta imagens da transformação de São Paulo de vila em metrópole. A construção de largas avenidas, no Rio de Janeiro. E as novas tecnologias, como a luz elétrica, o telefone, o gramofone e outras engenhocas, mudavam os hábitos das famílias – e tudo era devidamente captado pelas lentes de atentos fotógrafos.

Transportes – 12: a história dos nossos caminhos
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-73-3

Transportes traz imagens das principais bacias hidrográficas – dos rios Paraná, São Francisco, Amazonas – foram tão importantes para a interiorização quanto a navegação marítima seria para a conexão das cidades litorâneas.

Protestos e Passeatas – 13: a construção da democracia
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-74-0

Protestos e passeatas são eventos de sociedades democráticas. Se eles se popularizaram no Brasil em períodos de maior liberdade política no século 20, essa nem sempre foi a realidade de um país marcado por regimes autoritários, como a República Velha (1889-1930), e por ditaduras, como a do Estado Novo (1937-1945) ou a dos militares (1964-1985). Este volume da Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil reúne imagens de operários imigrantes na greve de 1917 em São Paulo, e de manifestações a favor e contra Getúlio Vargas (1882-1954).

Sertão – 14: ecos do Brasil profundo
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-75-7

Este volume da Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil abarca um universo contraditório: o sertão. Euclides da Cunha, autor de Os Sertões, registrou tal característica. Se os sertões são “barbaramente estéreis”, afirmou ele, são também “maravilhosamente exuberantes”. As imagens de seca, de casas de taipa, de carcaças de gado e de grandes famílias de retirantes remetem também a outras obras-primas da nossa literatura, como o romance O Quinze, de Rachel de Queiroz, sobre a seca de 1915, quando o sol “lá no céu, sozinho, rutilante, espalhava sobre a terra cinzenta e seca uma luz que era quase como fogo”.

Obras e construções – 15: marcos do desenvolvimento
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-76-4
Obras e construções reúne belíssimas imagens da construção de Brasília e a urbanização na virada do século 20. Como a construção de viadutos, de hidrelétricas e de ferrovias, e a instalação de linhas de telégrafo atravessando o país e outras das grandes obras em São Paulo e Rio de Janeiro.

O café – 16: uma moeda forte para o país
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-77-1

O café está impregnado no imaginário popular como uma representação do Brasil e essa cultura é responsável por boa parte dos símbolos de poder do Brasil dos tempos do Império e do início da República. Plantados inicialmente no vale do rio Paraíba, entre as cadeias de montanhas que ligam os Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, os cafezais migraram para o oeste paulista, onde encontraram melhores condições para se desenvolver. São momentos diferentes de uma mesma cultura o que se vê neste volume: as senzalas deram lugar às casas de colonos, e as diversas fases da produção também estão bem documentadas.

Litoral – 17: O sol, o sal, o céu
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-78-8

O Brasil tem 7.367 quilômetros de litoral, extensão que sobe para 9.200 quilômetros quando se leva em conta os recortes costeiros, onde se localizam algumas das praias mais lindas do mundo. O litoral também é local de trabalho, de pesca, de navegação. O denominador comum é a beleza, seja das jangadas de Mucuripe ou das areias macias sob o sol quente de uma tarde em Itapuã.

Dinheiro e Poder – 18: no tempo dos mil-réis
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-79-5

Durante muito tempo, a unidade monetária do Brasil foi o real, moeda portuguesa desde os tempos medievais e que aqui era mais conhecida como mil-réis. Só em 1942 seria trocada pelo cruzeiro, a primeira moeda genuinamente brasileira e, como se viu mais tarde, teria uma vida atribulada.

Arquitetura – 19: da taipa ao arranha-céu
Arquitetura
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-80-1

Quando se fala em arquitetura no Brasil, logo vem à mente Brasília, a nova capital idealizada por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, ambos influenciados pelo arquiteto francês Le Corbusier. As curvas de concreto da cidade realmente projetam uma imagem do Brasil mas estão longe de representar o conjunto da arquitetura do país,. Em termos históricos, por exemplo, foram importantes as construções de taipa. Já em termos artísticos, merecem destaque o rebuscado estilo das igrejas barrocas espalhadas pelo país, a presença imponente do teatro Amazonas, em Manaus, e a modernidade do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e do edifício Copan, em São Paulo.

Paisagens – 20: um país belo por natureza
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha Fotos Antigas do Brasil
ISBN 978-85-63270-81-8

Fotografias que parecem pinturas compõem Paisagens: um país belo por natureza. Fortemente influenciados pelo pictorialismo europeu, técnica que aproxima a fotografia das belas-artes, os fotógrafos ativos no final do século 19 e início do século 20 se encantaram com as paisagens monumentais do país.

Indicações de leitura

São Paulo: de vila a metrópole – v.1
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

Os primeiros registros fotográficos de São Paulo já têm 150 anos — são da década de 1860, quando a vila era capital da província e reunia 30 mil habitantes. Este volume da Coleção Folha apresenta algumas dessas imagens e, a partir daí, registros que mostram como a riqueza gerada, primeiro, pela cafeicultura, e, depois, pela indústria, vai diversificando a paisagem urbana e social ao longo do tempo.

A Coleção Folha apresenta, em 20 livros temáticos, uma seleção de belíssimas imagens registradas desde a chegada da técnica fotográficas ao país, em 1840, até a inauguração de Brasília, em 1960.
Comércio:  do mascate ao mercado – v.2
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

As primeiras imagens deste volume são do tempo do Império e mostram o comércio informal dos ambulantes. Há também inúmeros registros de feiras e mercados em diversas épocas e cidades do país, até finalmente chegar às fotos de vitrines, cafés e lojas de rua, em meados do século 20. É curioso observar como alguns serviços, como o do amolador ou o do sapateiro, pouco mudaram com o passar dos anos. O mesmo se nota nas feiras, locais de grande concentração de pessoas e de fartura de hortifrutigranjeiros e pescados.
O povo brasileiro: retratos de todos nós – v.3
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

Neste terceiro volume estão reunidas imagens que registram a diversidade étnica do nosso povo — somos uma gente mestiça e essa é nossa marca distintiva. Os primeiros registros são do final do século 19 e início do século 20, e mostram os “ingredientes” da mestiçagem: indígenas, negros e brancos europeus. Os retratos feitos em estúdio são claramente antropológicos. Nos grupos familiares ou em trabalho ao ar livre, é a hierarquia entre os integrantes que se destaca.
O Brasil rural:  a ocupação do território- v.4
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

As fotos deste volume documentam o ambiente rural a partir da segunda metade do século 19. Os primeiros registros, de 1870, mostram escravos na extração de ouro e de diamantes. Na virada para o século 20, as fotografias passam a incluir caminhões, tratores e trens. No segundo conjunto de imagens, moradias rurais: casas de sitiantes contrastam com alojamentos para colonos. Desses dois mundos, sítios e fazendas, também foram selecionadas fotos poéticas de momentos do dia a dia: o trajeto para o trabalho, as crianças brincando e o descanso sob uma árvore.

Crenças e templos: devoção e fé – v.5
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

País predominantemente católico e influenciado por religiões de origem africana, o Brasil é sincretista por excelência. Entre a primeira missa cristã, em 1500, e o último despacho do candomblé, o caldeirão brasileiro de crenças vem produzindo um caldo espiritual único.  A essas fés, tão excludentes quanto complementares, somam-se várias outras.

Crenças e templos reúnem imagens de procissões cristãs e de rituais afro-brasileiros, assim como de cerimônias do judaísmo, religião presente no país desde 1641, quando foi inaugurada a primeira sinagoga. No século 20, as imigrações ampliaram o leque de cultos, como mostram, por exemplo, as fotos de serenos rituais budistas.
Festas populares: uma celebração de sons e movimentos – v.6
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

Quando o assunto é festa popular no Brasil, logo se pensa em Carnaval. A folia, derivada de uma brincadeira portuguesa de rua chamada entrudo, só ganharia a forma atual com a valorização das escolas de samba a partir de meados do século 20.

Festas populares traz imagens da tradicional festa do bumba meu boi, do carnaval, da congada, do maracatu e cenas diversas retratando a paixão nacional pelo espetáculo do futebol.
Imigrantes: esperança em terra nova – v.7
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

O Brasil é um país de imigrantes. Os primeiros estrangeiros a chegar, os portugueses, nos legaram a língua e os costumes. Mais tarde, na segunda metade do século 19, outros europeus deixaram seus países de origem com destino ao Brasil: espanhóis, italianos, alemães, a maioria atraída pelo trabalho proporcionado pelo café, que necessitava de trabalhadores para substituir a mão de obra escrava. No século 20, foi a vez de os japoneses desembarcarem aqui.

Imigrantes retrata a chegada e o processo de adaptação de todos esses povos, e ajuda a lembrar que a história dos imigrantes foi uma via de mão dupla: eles vieram para “fazer a América” – e ajudaram a fazer um país.

Guerras e batalhas: o país em luta – v.8
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil
O brasileiro pode ter índole pacífica, mas isso não o impediu de, ao longo de sua história, travar confrontos. O mais importante deles foi a Guerra do Paraguai (1864-1870). Mal instalada a República, em 1889, o país logo assistiria à eclosão de revoltas, entre elas a Campanha de Canudos (1896-1897).

Guerras e batalhas reproduz as imagens desses e de outros conflitos, como a Revolta da Vacina (1904), a Revolta da Chibata (1911) e as revoltas tenentistas dos anos 1920, além de registros da participação do país na Segunda Guerra Mundial (1945-1949).
As cidades: o nascimento dos cartões postais – v.9
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

As cidades mostra a pluralidade do país também nas vistas de suas cidades. As que mais projetam nossa imagem no exterior são tão diferentes entre si que dão ao visitante a sensação de viajar por um continente de muitas culturas.  O Rio de Janeiro do Cristo Redentor, o monumento arquitetônico barroco de Ouro Preto, a Salvador das 365 mitológicas igrejas – difícil saber qual delas melhor representa o Brasil.
A Indústria: fábricas de chaminés de barro – v.10
Autor: Oscar Pilagallo
Editora: Folha de São Paulo
Coleção Folha fotos antigas do Brasil

A industrialização brasileira é um fenômeno tardio. Depois de iniciativas isoladas no Império, foi só no século 20 que, timidamente, as chaminés começaram a substituir os arados. O processo coincide com a imigração, e não por acaso o ícone dos primórdios da indústria no país tem nome de imigrante: Francesco Matarazzo.  Durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), a queda no consumo de café liberou mão de obra da lavoura para a indústria, enquanto a dificuldade de importação aumentava a demanda por artigos nacionais. Na Segunda Guerra (1939-1945), a industrialização tomou fôlego. Nesse contexto, é emblemático o registro da visita do presidente Juscelino Kubitschek a uma fábrica de automóveis nos anos 1950, assim como as imagens relacionadas à exploração de petróleo.

Jogos Vorazes – 1
Autor: Suzanne Collins
Editora: Rocco
ISBN 978-85-7980-024-5
Trilogia Jogos Vorazes v.1

Katniss escuta os tiros de canhão enquanto raspa o sangue do garoto do distrito 9.

Na abertura dos Jogos Vorazes, a organização não recolhe os corpos dos combatentes caídos e dá tiros de canhão até o final. Cada tiro, um morto. Onze tiros no primeiro dia. Treze jovens restaram, entre eles, Katniss. Para quem os tiros de canhão serão no dia seguinte?…

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte!

Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre.
Em chamas – 2
Autor: Suzanne Collins
Editora: Rocco
ISBN 978-85-7980-064-1
Trilogia Jogos Vorazes v.2

Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos – incluindo o próprio Peeta – acreditarem que são um casal apaixonado.

A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos – transformados em verdadeiros ídolos nacionais – podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Esperança – 3
Autor: Suzanne Collins
Editora: Rocco
ISBN 978-85-7980-086-3
Trilogia Jogos Vorazes v.3

Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução.
A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo.
O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra?
Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.