Ryuho Okawa

Ryuho Okawa é o fundador e líder espiritual da Happy Sicence, uma religião universal fundamentada pela fé em El Cantare.

O caminho da iluminação e da espiritualidade deve ser trilhado com determinação e perseverança por aqueles que estão em busca da verdade. Esse é o caminho da eterna evolução espiritual.

O caminho da iluminação e da espiritualidade deve ser trilhado com determinação e perseverança por aqueles que estão em busca da verdade. Esse é o caminho da eterna evolução espiritual.

A capacidade de criar de cada pessoa limita-se à sua capacidade de pensar. Nada se tornará maior do que aquilo que você pensou.

A capacidade de criar de cada pessoa limita-se à sua capacidade de pensar. Nada se tornará maior do que aquilo que você pensou.

Os grandes mestres Buda Shakyamuni, Confúcio e Sócrates e outros notáveis não teriam sobrevivido à história se seus pensamentos não estivessem apoiados a força da perseverança.

Os grandes mestres Buda Shakyamuni, Confúcio, Sócrates e outros notáveis não teriam sobrevivido à história se seus pensamentos não estivessem apoiados a força da perseverança.

Com vontade e disposição para aprender as lições que vida apresenta, sejam elas boas ou ruins, toda dificuldade poderá ser transformada em alimento para a alma.

Com vontade e disposição para aprender as lições que vida apresenta, sejam elas boas ou ruins, toda dificuldade poderá ser transformada em alimento para a alma.

Segundo o autor este livro não é um livro sobre filosofia abstrata e seus fundamentos seguem os mesmos do budismo com o objetivo de auxiliar o leitor a desenvolver uma mente estratégica e gerencial.

Segundo o autor este livro não é sobre filosofia abstrata e seus fundamentos seguem os mesmos do budismo, com o objetivo de auxiliar o leitor a desenvolver uma mente estratégica e gerencial.

Esta obra  compartilha com todas as pessoas a forma como são feitos os sermões de Buda.

Esta obra compartilha com todas as pessoas a forma como são feitos os sermões de Buda.

OKAWA, Ryuho. The laws to achieve eternal success. Toquio: Happy science, 2002 OKAWA, Ruyho. Winning strategies for leaders. Toquio: Happy Science, 2008.- OKAWA, Ryuho. The sun will always rise. Toquio: Happy Science, 2009.- OKAWA, Ryuho. The golden laws.Toquio: Happy Science, 1997.-

Quais livros já foram proibidos pela Igreja Católica?

por Nathália Braga

Fonte: Mundo Estranho, 152. ed., ano 12, n. 05, maio/2014. Emanoel Melo (ilus.)

Fonte: Mundo Estranho, 152. ed., v. 12, n. 05, maio/2014. Emanoel Melo (ilus.)

O Index Liborum Prohibitorum é uma lista de livros proibidos criada pela Igreja Católica na Idade Média.

O Index foi criado com uma defesa da Igreja diante da invenção da prensa e da Reforma Protestante, que ameaçavam a autoridade católica. A primeira edição, em 1559, censurava 550 obras e a última em 1948, a 32ª, 4 mil títulos. O documento foi extinto em 1966 pelo Papa Paulo VI. Ainda assim, até hoje as autoridades do clero podem emitir um alerta sobre os riscos de algumas publicações, o admonitum (advertência), por exemplo o Código da Vinci e Harry Potter são livros não recomendados pela Igreja.

Autores e obras que já estiveram no Index:

  • Alexandre Dumas : várias obras.
  • Gustave Flaubert: Madame Bovary.
  • Charles Darwin: A origem das espécies.
  • Montesquieu: O espírito das Leis e Cartas Persas.
  • Renê Descartes: toda obra.
  • Thomas Hobbes, matemático e filósofo inglês: toda obra.
  • Victor Hugo: Os miseráveis e O corcunda de Notre-Dame.

Leia mais na Revista Mundo Estranho, maio/2014.

Fonte: BRAGA, Nathália; MELO, Emanoel. Quais livros já foram proibidos pela Igreja Católica? Mundo Estranho, São Paulo, 152. ed., ano.12, n. 5, p.46. P&R.

Indicações de leitura

01 - Depois da gloriaDepois da glória
Autor: Vasco Mariz
Editora: Civilização Brasileira
ISBN 978-85-200-1058-7

O leitor encontrará neste volume 18 ensaios, em ordem cronológica, sobre temas variados da história do Brasil e, indiretamente, de Portugal. São textos que apresentam curiosidades a respeito da “história depois da história”, a vida “depois da glória”. Colombo teria sido um conquistador atroz? Villegagnon foi herói ou vilão? Calabar foi traidor, patriota ou desertor? Padre Antonio Vieira teria cedido o Brasil aos holandeses?   

02 - Lua no cinemaA lua no cinema
Organizador: Eucanaã Ferraz
Editora: Companhia das Letras
ISBN 978-85-359-1932-5

A lua no cinema reúne autores brasileiros e portugueses e é dividido em quatro partes: a primeira, “O verbo ser e outros verbos”, traz uma visão do homem no tempo; na segunda, “Não sei se isto é amor e outras dúvidas”, o amor é o tema; na terceira, “Na ribeira deste rio e outras paisagens”, os poemas são voltados para a natureza e as coisas; e, na última parte, “Não-coisa e outras coisas”, tudo se confunde com a poesia, e faz-se uma espécie de reflexão sobre a existência, o mundo, os sentimentos e o cotidiano.  

03 - Direito das familiasDireito das famílias: amor e bioética
Autora: Adriana Caldas do Rego Freitas Dabus Maluf
Editora: Elsevier
ISBN 978-85-352-5520-1

Cada vez mais plural, a família poder ser monoparental, homoafetivo, mosaico, unipessoal, eudemonista, além da família formada pela união estável e pelo casamento. O ponto comum entre todas elas é o amor. A par desse cenário tão verdadeiro e atual, a autora enfrenta complexas questões, como: o que é infidelidade virtual e quais os efeitos jurídicos? Quais medidas podem ser tomadas em caso de alienação parental? O que é poliamor e família plúrima? Como a doutrina e a jurisprudência cuidam da matéria?
   

04 - Cidadania no BrasilCidadania no Brasil: o longo caminho
Autor: José Murilo de Carvalho
Editora: Civilização Brasileira
ISBN 978-85-200-0565-1

 
Cidadania no Brasil relata os 178 anos do processo de cidadania no país, centrando o foco nos direitos civis, sociais e políticos que constituem algo parecido com a santíssima trindade da cidadania. O autor descreve o processo de independência do Brasil, o significado do voto e o Movimento Sem Terra (MST) entre outros temas, lançando luzes sobre os aspectos obscuros da história brasileira.
  

05 - Cidadania um proejtoCidadania, um projeto em contração: minorias, justiça e direitos
Organizadores: André Botelho, Lilia Moritz Schwarcz
Editora: Claroenigma
ISBN 978-85-8166-020-2

Definir com exatidão o significado de cidadania não é tarefa fácil. Desde a Antiguidade, o termo foi sendo adaptado às novas práticas políticas, sociais e econômicas. Mas se existe um fio condutor, ele certamente diz respeito às relações do indivíduo com a sociedade, e talvez por isso hoje esteja tão ligado à luta dos cidadãos pelos direitos civis e políticos. Os textos aqui reunidos tratam de alguns dos principais temas do Brasil contemporâneo: o acesso à justiça, o combate à desigualdade, a distinção entre o público e o privado, a liberdade de culto, a segurança pública, a luta contra o racismo, o reconhecimento da diversidade sexual e a defesa do meio ambiente, temas tão complexos quanto cruciais, cujo debate de ideias é fundamental para a formação desse imenso projeto em construção chamado cidadania.
   

06 - Figuras do sagradoAs figuras do sagrado: entre o público e o privado na religiosidade brasileira
Autor: Maria Lucia Montes
Editora: Claroenigma
ISBN 978-85-8166-021-9

O Brasil não é mais um país cuja religiosidade pode ser medida pelo número de católicos. A implantação do Estado laico, a chegada das igrejas protestantes, a ascensão do espiritismo e dos cultos afro-brasileiros e a influência crescente das igrejas pentecostais e de diferentes formas de misticismo foram alguns dos motivos que tiraram a igreja católica do centro da religiosidade no país. Historicamente influenciado pela religião, que por quatro séculos esteve associada à vida pública, o Brasil assistiu a vida social se tornar múltipla e fragmentária, sendo então o indivíduo, que não tinha mais uma única força para orientar a sua conduta, convidado a depender cada vez mais de si para eleger os valores que lhe são significativos. As figuras do sagrado faz uma análise importante desse tema central da vida brasileira e mostra que a sua complexidade vai muito além da constatação do tão aclamado sincretismo religioso.  

07 - Indios no brasilÍndios no Brasil: história, direitos e cidadania
Autora: Manuela Carneiro da Cunha
Editora: Claroenigma
ISBN 978-85-8166-022-6

Nos textos aqui reunidos, a antropóloga Manuela Carneiro da Cunha desfaz preconceitos recorrentes e responde a perguntas muitas vezes levantadas: como se determinou a configuração dos territórios indígenas? Quais os fundamentos dos direitos indígenas consagrados na Constituição? Quem pode ser considerado índio? A autora resgata, assim, a história dos índios no Brasil e a história da política indigenista. Mostrando como as ideias de progresso e desenvolvimento mudaram desde os anos 1970, como se conferiu novo valor à diversidade cultural e como foi abandonada a proposta de assimilação, de que eles deveriam “ser como nós”, Índios no Brasil debate a relevância dos povos indígenas para um projeto democrático de futuro.
   

08 - Nem branco nem pretoNem preto nem branco, muito pelo contrário: cor e raça na sociabilidade brasileira
Autor: Lilia Moritz Schwarcz
Editora: Claroenigma
ISBN 978-85-8166-023-3

Publicamente, em entrevistas à imprensa e pesquisas de opinião, a discriminação racial é condenada por unanimidade pela população brasileira. No entanto, apesar de não se declararem racistas, quase todos os brasileiros afirmam conhecer alguém que seja. A existência do preconceito é reconhecida, mas sua prática é sempre atribuída ao outro. O racismo ganha assim contornos de uma estranha invisibilidade: apesar de não aparecer na forma de políticas oficiais ou manifestações públicas abertamente discriminatórias, está presente nos contatos mais elementares das relações cotidianas. Em Nem preto nem branco, muito pelo contrário, a antropóloga Lilia Moritz Schwarcz aborda um dos temas mais recorrentes na discussão sobre racismo no Brasil: a ambiguidade. Em um estudo abrangente, que trata das relações sociais no país desde a época colonial, este ensaio revela que existe muito mais entre o branco e o preto no Brasil contemporâneo do que supõe o velho mito da democracia racial.   

09 - Praticas na sala de aulaPráticas na sala de aula
IV Congresso ICLOC – Instituto Cultural Lourenço Castanho
Editora: Moderna
ISBN 978-85-16-08007-5

Visando discutir ideias e práticas da educação no Brasil. o ICLOC criou o Congresso de Práticas na Sala de Aula. As escolas que apresentaram trabalhos nas edições anteriores do evento organizaram a edição 2012 e encarregaram-se de convidar muitas outras instituições públicas e privadas.

Todos os resumos apresentados neste livro foram inscritos para o evento, separados por nível de ensino e agrupados dois a dois, a partir da semelhança de assuntos, criando sessões com títulos que os contemplassem. Cada trabalho tem 30 minutos para ser exposto, por meio de relatos, recursos multimídia e outros instrumentos, seguido por 30 minutos de debates com o público. O local do evento é sempre uma escola e as sessões ocorrem em sala de aula.   

10 - DezesseisDezesseis Luas
Autores: Margaret Stohl, Kami Garcia
Editora: Galera Record
Série Beautiful Creatures, v.2
ISBN 978-85-0108691-4

Em Gattin não havia surpresas. Pelo menos, era isso que eu achava… Só que eu não poderia estar mais errado. Havia uma maldição. Havia uma garota. E, no fim, havia um túmulo. Mas vamos por partes.

Quando Lena chegou a Gattin, eu só tinha certeza de uma coisa: ela não se parecia com ninguém que o pessoal daqui já vira. E as diferenças não estavam apenas na aparência, mas isso eu só descobri depois. Ela era a mais nova gata da escola, só que, infelizmente, morava com o tio, em Ravenwood.

E ainda assim eu não conseguia desgrudar meus olhos dela. Ela era linda. E diferente. E de fora. Eu tinha certeza de que já havíamos nos encontrado antes, talvez nos sonhos. É, sei que perece idiota, mas eu vinha sonhando com alguém há tempos, alguém que eu não conhecia, alguém que, no sonho precisava ser salva, ou tipo assim.  

11 - DezesseteDezessete Luas
Autores: Margaret Stohl, Kami Garcia
Editora: Galera Record
Série Beautiful Creatures, v.2
ISBN 978-85-01-08692-1

Depois do ano passado, eu achava que nada poderia ficar pior. Uma descoberta terrível, uma morte trágica… Mas pelo menos eu tinha Lena. Ela era a última pessoa com quem eu falava antes de dormir e a primeira ao acordar. Lena era mais do que minha namorada, ela era parte de mim.

Porém, desde o início do ano ela começou a se afastar mais e mais. No princípio, achei que fosse somente a tristeza pela morte do tio, mas ela parecia se culpar de um jeito extremo e… seria impressão minha ou ela culpava a mim também?

Lena não era mais Lena. Pelo menos, não mais a minha Lena. Andando com Ridley – e se vestindo e agindo igual a ela -, pulando em garupas de motoqueiros misteriosos, me rejeitando, indo a festas de Conjuradores das Trevas… Será que ela havia finalmente escolhido um lado?
   

12 - Dezoito_luasDezoito Luas
Autores: Margaret Stohl, Kami Garcia
Editora: Galera Record
Série Beautiful Creatures, v.3
ISBN 978-85-01-09906-8

Eu achei que havia me acostumado a impossíveis e bizarros eventos varrendo Gattin, minha pacata, típica e previsível cidadezinha sulista. Mas agora que eu e Lena voltamos da Grande Barreira, estranho e impossível ganharam uma nova dimensão… uma capaz de abrir um portal para que demônios invadam o mundo mortal.

Ridley perdeu seus poderes, Link é um Incubus e as habilidades da família de Lena não andam muito acuradas. Nuvens de gafanhotos devoram todo o verde de Gattin. Um calor sufocante deixa a grama marrom e os humanos negros. Raios riscam o céu e tempestades assustam os animais. O equilíbrio está quebrado. Aparentemente, ao se invocar, Lena pode ter dado o pontapé inicial ao apocalipse.